Japão aproveita homem a mais e vence a Colômbia na estreia

Um resultado surpreendente nesta manhã na abertura do grupo H, com o triunfo japonês sobre a Colômbia as próximas rodadas do grupo que ainda tem Polônia e Senegal prometem pegar fogo. O jogo foi intenso do início ao fim, começando pela expulsão de Sánchez logo aos três minutos do primeiro tempo, o lance originou o pênalti que colocou os japoneses em vantagem. Com direito a gol de empate estilo Ronaldinho Gaúcho, o jogo terminou em 2 a 1 para o time oriental, que momentaneamente é o líder do grupo. Destaque para a emoção japonesa após o apito final, jogadores e torcida em êxtase com o resultado obtido.

Com um time bem experiente, dos 23 jogadores colombianos 10 estiveram na última Copa. Nomes como James Rodriguez, Cuadrado e o artilheiro Falcão Garcia, a seleção da Colômbia era a grande favorita para o jogo. As seleções haviam se enfrentado três vezes na história, com a vitória japonesa, cada seleção soma duas vitórias a seu favor.

ETAPA INICIAL COM EXPULSÃO AOS TRÊS MINUTOS E GOL A LÁ RONALDINHO

O jogo mal havia começado e a seleção colombiana perdeu uma peça importante. Em contra-ataque veloz, Osako penetra sem marcação na área, Ospina sai do gol e dá rebote. Kagawa chuta novamente e Sánchez mete a mão na bola evitando o gol japonês. Árbitro estava em cima do lance, marca pênalti e expulsa colombiano. Na cobrança Kagawa abre o placar, 1 a 0 para a seleção japonesa.

Apesar de ter um jogador a mais em campo os japoneses tinham menos volume que os colombianos, a seleção comandada por Falcão Garcia ditava um ritmo forte buscando o gol de empate. O lance que deixou o placar em igualdade aconteceu aos 38 minutos, em cobrança de falta, Quintero em cobrança por baixo da barreira surpreendeu o goleiro Kawashima que ainda pulou na bola, mas não conseguiu evitar o gol de empate, um gol a lá Ronaldinho Gaúcho. Bom para os sul-americanos que conseguiram ir para o vestiário com o jogo empatado, mesmo com um homem a menos.

COM UM HOMEM A MAIS, JAPÃO PRESSIONA E CONSEGUE OS TRÊS PONTOS

O segundo tempo foi de pressão japonesa nos primeiros minutos, o goleiro Ospina fez duas grandes defesas antes dos 12 minutos da etapa final, começando pelo chute de Osako, pelo lado esquerdo, aos nove minutos, e depois a conclusão de Inui que resultou na brilhante defesa do goleiro colombiano.

O técnico colombiano, que já havia sacado o experiente Cuadrado na etapa inicial, decidiu fazer uma mudança aos 14 minutos de jogo. Tirou de jogo o autor do gol de empate Quintero e colocou o craque James Rodriguez, jogador do FC Bayern.

A Colômbia se fechou toda em seu campo de defesa, o Japão pressionava bastante, com destaque para o atacante Inui, jogador habilidoso e veloz. Porém, foi Osako que em cobrança de escanteio subiu entre os defensores colombianos para colocar o Japão novamente na frente, oitavo gol dele com a camisa da seleção, 2 a 1 na Arena Mordovia.

Com o gol japonês assinalado, a Colômbia saiu para o jogo e passou a pressionar o Japão, tanto que aos 33 minutos, James Rodriguez estava livre dentro da área e podia ter empatado o jogo, porém acabou chutando a bola na arquibancada.

A Colômbia ainda tentou, mas o jogo terminou com a vitória do Japão por 2 a 1. Com a derrota logo na estreia, a seleção da Colômbia terá uma pressão a mais nas próximas duas rodadas. O Japão, que cheegou ao mundial sem muita expectativa, pode ter dado um passo importante para uma possível classificação. Destaque positivo para Osako e Inui, os dois infernizaram a defesa da Colômbia com muita rapidez e habilidade.

A Colômbia vai encarar a Polônia no próximo domingo(24), as 15h, na Arena Kazan. Já a seleção do Japão fará seu segundo jogo no próximo domingo(24), as 12h, diante da seleção do Senegal.

Japão 2×1 Colômbia

Local: Arena Mordovia (RUS).

Árbitro:  Damir Skomina (SLV)

Colômbia: Ospina, Murillo, Arias, Mojica, D.Sanchez, C. Sanchez, Cuadrado(Barrios), Lerma, Quintero(James), Falcão e Izquierdo(Bacca).

Japão: Kawashima, Shoji, Nagatomo, Sakai, Yoshida, Shibasaki(Yamaguchi), Haraguchi, Kagawa(Honda), Inui, Hasebe e Osako(Okazaki).

Gols: COLÔMBIA: Quintero, aos 38min do 1º tempo JAPÃO: Kagawa (de pênalti), aos 6min do 1º tempo; e Osako, aos 28min do 2º tempo

Cartões Amarelos: Barrios e James Rodríguez (Colômbia); Kawashima (Japão)

Cartão Vermelho: Carlos Sánchez (Colômbia)

Público: 40.842 presentes