Jose Aldo é ovacionado após vitória no UFC Fortaleza, confira os resultados

Foto: Jason Silva-USA TODAY Sports

O UFC Fortaleza marcou a primeira vinda do octógono para o Brasil em 2019. Com um card repleto de estrelas nacionais, os pesos-galos Raphael Assunção e Marlon Moraes lideraram o evento que ocorreu no último sábado (02), que ainda contou com o duelo entre José Aldo e Renato Moicano como a segunda luta mais importante da noite. Confira abaixo um resumo e todos os resultados dos combates que levantaram o público cearense.

MARLON MORAES FINALIZA RAPHAEL ASSUNÇÃO

Marlon Moraes continua mais mortal do que nunca. O brasileiro se vingou da derrota em sua estreia no octógono para Raphael Assunção e finalizou o compatriota no primeiro round, na revanche que marcou a luta principal do evento. Os dois atletas se estudaram bastante no começo, mas Marlon conseguiu acertar um lindo golpe de direita em Assunção, que foi à knockdown. Marlon então castigou o pernambucano no ground and pound e logo em seguida encaixou uma guilhotina, dando números finais ao duelo.

Fonte: UFC Divulgação

Com a vitória, Marlon Moraes está empatado com o campeão TJ Dillashaw, Jose Quinonez e Alejandro Perez como o peso-galo com a maior sequência de vitórias no octógono, somando quatro triunfos consecutivos

“Esta foi uma semana muito difícil para mim. Eu fui testado, mas Deus está no comando. Há oito anos, saí de Nova Friburgo numa tragédia parecida com a de Brumadinho e hoje estou aqui. Queria dizer que eu vou pegar esse cinturão! Sou inteligente o suficiente para saber que eu sou o melhor da minha divisão. Nosso campeão desceu de peso e perdeu uma luta que deveria ter ganho por ser bem maior.”

JOSÉ ALDO NOCAUTEIA RENATO MOICANO

José Aldo está de volta! O ex-campeão dos penas superou a desconfiança e nocauteou o também brasileiro Renato Moicano na segunda luta mais importante do UFC Fortaleza. O primeiro round do duelo foi muito estudado, com ambos buscando o contra-ataque, mas no segundo assalto José Aldo mostrou a velha forma, partiu para cima de Moicano, colocou o rival na grade e acertou uma sequência espetacular de golpes, com direito a cotoveladas, joelhadas, jabs e diretos, obrigado o árbitro a interromper o duelo.

Foto:UFC Divulgação

Com a vitória, Aldo retorna ao posto de lutador que mais nocauteou/finalizou na história do UFC/WEC, com 11 vitórias por essa via.

“Tentei variar cabeça e rosto, é sempre esperado isso, mas acabei sendo feliz. Galera, muito obrigado pelo carinho. Hoje entrei aqui como azarão e sabia que vocês estariam do meu lado. Mesmo que muitos falem que você não vai conseguir, trabalhe duro que você vai conseguir atingir todos os seus sonhos.”

DEMIAN MAIA FINALIZA LYMAN GOOD

O jiu-jitsu esteve em alta no UFC Fortaleza! Um dos melhores – senão o melhor – atleta de MMA que consegue aplicar a arte suave de maneira efetiva no octógono, Demian Maia finalizou Lyman Good no primeiro round. O brasileiro conseguiu a queda logo no começo do duelo e foi trabalhando as posições, até conseguir uma montada nas costas e dar números finais ao duelo com um mata-leão antes dos três primeiros minutos de combate.

Fonte: UFC Divulgação

“É sempre a minha estratégia a finalização. Enfrentei um adversário bem mais forte que eu, mas sei que o jiu-jítstu é diferente. Tenho mais duas lutas nesse contrato e talvez me aposente depois. Vamos ver o que vai acontecer.”

CHARLES OLIVEIRA FINALIZA DAVID TEYMUR

Ele fez de novo! Em luta tensa, Charles Oliveira mostrou que seu jiu-jitsu está mais afiado do que nunca e finalizou David Teymur no UFC Fortaleza. O brasileiro teve problemas com o rival acertando seu olho no começo do duelo – o que fez com que Teymur perdesse um ponto – e sentiu a mão do sueco no primeiro round. No segundo assalto, no entanto, Charles se recuperou, foi mais agressivo e fez com o que o sueco sentisse seus golpes. O brasileiro então puxou o rival da grade e encaixou uma anaconda, dando números finais ao duelo.

Foto: UFC Divulgaçãp

Com a vitória, Charles ampliou o recorde como o lutador que mais finalizou no octógono, com 13 vitórias por esta via.

“Quando levei o golpe no olho falei que não estava enxergando do lado direito. Só que Deus é muito forte e não me abandona nunca. Quando estou aqui no octógono só penso em lutar. Não sou o melhor, eu treino para isso e estou evoluindo na minha trocação. Não sei quem é o próximo. Quero lutar em Miami. Me dê uma luta em abril que eu estou preparado.”

JOHNNY WALKER NOCAUTEIA JUSTIN LEDET

Ele deu mais um show! Johnny Walker precisou de apenas 15 segundos para nocautear Justin Ledet de maneira avassaladora no UFC Fortaleza. O brasileiro acertou um chute alto, seguido de um soco rodado de esquerda, que levou o norte-americano ao solo. O brasileiro então precisou só castigar o rival no ground and pound até o árbitro central interromper o duelo.

Foi o quinto nocaute mais rápido entre os meios-pesados na história moderna do UFC. O recorde ainda é de Ryan Jimmo, que precisou de apenas sete segundos para nocautear Anthony Perosh no UFC 149.

“Foi muito fácil, quero lutar de novo. Alguém quer lutar comigo aí? Russo, americano? Estou pronto. Eu faço o que eu amo, eu nasci para isso. Faço show para vocês.”

LIVIA SOUZA VENCE SARAH FROTA

Em mais uma luta equilibrada no UFC Fortaleza, Livia Souza bateu Sarah Frota por decisão dividida no duelo que abriu o card principal do evento. As brasileiras alternaram bons momentos no combate, havendo uma grande variação de quem estava em vantagem. Livinha, porém, foi mais contundente nas tentativas de finalização e quase conseguiu a vitória com um mata-leão no fim do segundo round. Ao final dos três assaltos muito disputador, Livia saiu vitoriosa.

MARKUS MALUKO FINALIZA ANTHONY HERNANDEZ

Ele deu show! Em seu melhor desempenho já visto no octógono, Markus Maluko não tomou conhecimento de Anthony Hernandez e finalizou a luta com um triângulo de mão no segundo round. O brasileiro teve o domínio das ações a todo o momento, tanto na luta em pé quanto no chão, e impôs o seu ritmo até conseguir apagar o rival.

“É a minha finalização preferida o triângulo de chão. Agradeço à torcida de Fortaleza, se hoje estou aqui é por vocês”

MARA ROMERO BORELLA VENCE TAILA SANTOS

Taila Santos foi guerreira, mas acabou superada por Mara Romero Borella por decisão dividida em sua estreia no UFC Fortaleza. O duelo entre as duas foi muito equilibrado e se passou boa parte no clinch na grade do octógono. Taila quase conseguiu um estrangulamento no primeiro round, mas a italiana usou sua técnica e experiência para escapar da finalização, se recuperou e saiu vitoriosa na decisão dos juízes.

THIAGO PITBULL VENCE MAX GRIFFIN

Ele conseguiu! Depois de três rounds de muita ação, Thiago Pitbull venceu Max Griffin por decisão dividida em sua terra natal. O veterano teve muita dificuldade no primeiro round e chegou a acusar os golpes do rival, mas se recuperou no segundo assalto e mostrou que sua trocação ainda está afiada. No terceiro e último assalto, o brasileiro foi melhor na trocação e, apesar de ter sido derrubado por Griffin, fez o suficiente para sair vitorioso na visão dos juízes.

Foi a 15ª vitória de Thiago Pitbull nos meios-médios, que se tornou o terceiro lutador a mais vencer na categoria na história do UFC, atrás apenas de Georges St-Pierre (20) e Matt Hughes (16).

“Foi demais, uma luta dura para caramba. Queria ter sido um pouco mais dominante, ele ficou me agarrando no último round, mas estamos aí. Sofri um knock down rápido no primeiro round, mas voltei logo e daí fiquei mais agressivo.”

JAIRZINHO ROZENSTRUIK NOCAUTEIA JUNIOR ALBINI

Com nome de craque do futebol brasileiro, o surinamês Jairzinho Rozenstruik teve uma belíssima estreia no UFC ao nocautear o brasileiro Junior Albini. Depois de sofrer com o jogo de quedas do brasileiro no primeiro round, Jairzinho conseguiu uma conectar uma boa sequência em Albini no segundo assalto, que sentiu os golpes, caiu no chão e sofreu com o ground and pound até o árbitro central interromper o duelo.

“A gente treina duro para isso, a gente conseguiu fazer o que estava proposto. Cometi uns erros no primeiro round, mas fui para a vitória no segundo. Quero mandar um recado para o Brasil: eu gosto do Brasil! Tamo junto!”

GERALDO DE FREITAS VENCE FELIPE CABOCÃO

No duelo dos brasileiros estreantes, Geraldo de Freitas levou a melhor e venceu Felipe Cabocão por decisão unânime. O duelo entre ambos foi bem movimentado, com Cabocão tentando os chutes baixos enquanto Geraldo utilizou bem as quedas. A partir do segundo round, a parte física do “Espartano” prevaleceu e ele passou a dominar o duelo, conseguindo derrubar o rival diversas vezes e trabalhar bem a luta no chão até ser declarado o vencedor por decisão unânime dos juízes.

SAID NURMAGOMEDOV NOCAUTEIA RICARDO CARCACINHA

Ao que tudo indica, a família Nurmagomedov tem um talento natural para o MMA. Said Nurmagomedov, primo do campeão dos leves Khabib Nurmagomedov, conseguiu um nocaute sobre Ricardo Carcacinha logo no primeiro round. O duelo entre ambos começou estudado, mas o russo passou a dominar as ações e acertou um forte chute rodadono brasileiro, que acusou o golpe e se encolheu na grade até o árbitro parar o duelo

ROGÉRIO BONTORIN VENCE MAGOMED BIBULATOV

Na primeira luta da noite, uma vitória em estreia brasileira. Rogério Bontorin teve pela frente o sempre duro Magomed Bibulatov, pelo peso-mosca. O brasileiro começou bem o duelo e levou a luta para o chão logo nos primeiros momentos. No segundo round, Bibulatov conseguiu equilibrar as ações e fez bom uso de seu wrestling para conseguir derrubar o brasileiro. Por fim, no terceiro assalto, os lutadores mostraram um grande equilíbrio em suas ações, mas uma queda do brasileiro no final da luta deu a vantagem a Bontorin, que saiu vitorioso por decisão dividida.

“É o meu sonho estar lutando no maior evento do mundo e hoje graças a Deus eu venci. Quero mandar um abraço para todos os brasileiros e para os meus treinadores, os caras que me prepararam em três meses. Obrigado!”

CONFIRA OS RESULTADOS COMPLETOS DO UFC FORTALEZA

CARD PRINCIPAL

Marlon Moraes venceu Raphael Assunção por finalização aos 3m17s do 1º round;
José Aldo venceu Renato Moicano por nocaute técnico aos 44s do 2º round;
Demian Maia venceu Lyman Good por finalização (mata-leão) aos 2m38s do 2º round;
Charles Oliveira venceu David Teymur por finalização (anaconda) aos 55s do 2º round;
Johnny Walker venceu Justin Ledet por nocaute técnico aos 15s do 1º round;
Livia Souza venceu Sarah Frota por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

CARD PRELIMINAR

Markus Maluko venceu Anthony Hernandez por finalização (triângulo de mão) aos 1m07s do 2º round;
Mara Romero Borella venceu Taila Santos por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);
Thiago Pitbull venceu Max Griffin por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);
Jairzinho Rozenstruik venceu Junior Albini por nocaute técnico aos 54s do 2º round;
Geraldo de Freitas venceu Felipe Cabocão por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-26);
Said Nurmagomedov venceu Ricardo Carcacinha por nocaute técnico aos 2m28s do 1º round;
Rogério Bontorin venceu Magomed Bibulatov por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28).

 

Fonte: UFC.com.br