Kane faz dois, decide e Inglaterra vence a Tunísia na estreia

Foi chorado. Após 90 minutos de pressão, a Inglaterra acabou batendo os Tunisianos por 2 a 1, em Volgogrado, com gol de Harry Kane, nos acréscimos. O jogo fechou a primeira rodada do Grupo G, da Copa do Mundo da Rússia.

Com a vitória, a Inglaterra fica com a segunda colocação do grupo, logo atrás da Bélgica que estreou com vitória sobre o Panamá pelo placar de 3 a 0, enquanto os africanos ficam com o terceiro posto. O próximo jogo da Tunísia será no sábado, contra a Bélgica, em Moscou, no estádio do Spartak, às 9h. Já a Inglaterra encara o Panamá no domingo, em Nizhny Novgorod, também às 9h.

INGLATERRA DOMINA ATÉ FALHA DE WALKER

O English Team começou num ritmo forte, criando uma chance atrás da outra. O gol logo saiu. Aos 11 minutos de jogo, o zagueiro Stones acertou uma linda cabeçada para uma defesa de manual do goleiro Hassen, porém, o arqueiro Tunisiano não contava com a presença de Harry Kane que, no rebote, mandou para dentro. Na sequência, o goleirão da Tunísia acabou sendo substituído por uma lesão no ombro.

 A partida estava fácil demais para a Inglaterra. Os comandados de Gareth Southgate tinham extrema tranquilidade para trocar passes na intermediária do adversário, até que o lateral direito inglês Walker, aos 32, cometeu um pênalti bobo em cima de F. Ben Youssef . Sassi foi para a cobrança e não deu chances para Pickford, recolocando a Tunísia no jogo: 1 a 1. Ainda na primeira etapa, Stones e Lingard ainda tiveram chances claras para marcar, mas falharam.

KANE SALVA NOS ACRÉSCIMOS 

A Inglaterra não voltou tão bem do intervalo. A Túnisia ajustou suas linhas de marcação e montou um verdadeiro ferrolho defensivo. Os ingleses tentavam pressionar, mas não tinham a mesma intensidade dos minutos iniciais da partida. A seleção africana conseguia segurar bem o empate.

Nada funcionava para a seleção do velho continente. Nos minutos finais, o English Team partiu para uma pressão na base do abafa. Até que, já nos acréscimos, aos 46, a estrela de Kane brilhou de novo. Após cobrança de escanteio na área e desvio de Maguire, a bola sobrou na pequena área para o atacante do Tottenham garantir a vitória inglesa.

Inglaterra 2×1 Tunísia

Local: Arena Volvogrado (Volvogrado – RUS)

Árbitro: Wilmar Roldan (COL)

Assistentes:  Alexander Guzman (COL) e Cristian De La Cruz (COL)

Tunísia: Hassen (Ben Mustapha); Meriah, S.Ben Youssef, Bronn e Maâloul; Sassi, Skhiri, Badri, Sliti (Ben Amor) e F.Ben Youssef;  Khazri (Khalifa). Técnico: Nabil Maaloul.

Inglaterra: Pickford; Walker, Stones e Maguire; Trippier, Henderson, Lingard (Dier). Ashley Young e Dele Alli (Loftus-Cheek); Sterling (Rashford) e Harry Kane. Técnico: Gareth Southgate.

Cartões amarelos: Walker (Inglaterra)

Cartões vermelhos: Não houve.

Gols: Harry Kane – Inglaterra (11’/1º tempo e 46’/2º tempo); Sassi – Tunísia (34’/1º tempo)

Público: 41.064 pessoas