Leonardo Santos: Caminhos do Hexa – Vocês lembram das Olimpíadas?

Gabriel Jesus e Neymar fizeram parte do elenco que conquistou o primeiro ouro olímpico do Brasil em 2016 | Divulgação Internet

Pois é. Título nenhum encaixaria melhor nesta primeira coluna que pretende trilhar os nossos caminhos até o hexa no dia 15 de julho, em Moscou. Há pouco menos de dois anos encerrávamos a primeira fase do torneio de futebol masculino da Rio 2016 na primeira colocação do Grupo A, com cinco pontos. Mas será mesmo que vocês se lembram como foi sofrido passar de fase? Depois de dois empates daqueles que entalam na garganta como espinha de peixe contra as fortíssimas seleções da África do Sul e do Iraque, uma avalanche de críticas rondou a seleção brasileira que era comandada por Neymar – um dos mais abatidos até ali- e o medo de uma nova humilhação em casa assim como o 7 a 1 assolou todo o país.

Mas, pera aí né … somos o futebol pentacampeão do mundo. Na última rodada da fase de grupos contra a Noruega espantamos o risco de um novo vexame, fizemos 4 a 0 com uma grande atuação de Neymar, Renato Augusto, Gabriel Jesus e Gabigol e arrancamos rumo ao título, que por acaso foi conquistado contra os poderosos alemães. =)

Tá, até aí tudo bem. O que você quer dizer com isso? Que Neymar, Renato Augusto e Gabriel Jesus que também fazem parte dos 23 que estão em busca do Hexa vão repetir a profecia? Não, e nem tenho esse poder. Quero dizer para vocês que não é hora para desespero. Professor Adenor ( Í D O L O) já deu o recado, que assim como nos Jogos Olímpicos, nas últimas edições da Copa do Mundo todas as equipes que somaram sete, seis e cinco pontos avançaram à próxima fase.

Portanto, não comecem com esse mi mi mi de que não podemos mais perder, de que fulano não joga nada e que ciclano não deveria ter sido convocado. Farei exatamente como fiz há cerca de dois anos (quando tinha ingresso comprado para a final e o medo de não chegar até lá tomou conta de mim, mesmo sem criticar a seleção), vou torcer e empurrar essa rapaziada rumo ao Hexa, por que eu confio e sei que chegaremos lá.

Portanto, APENAS APOIEM QUE CHEGAREMOS LÁ!

Afinal, já que estamos rumo ao Hexa, faltam somente seis jogos.

BRASIL X SUIÇA – O PESO DA ESTREIA

Falando rapidamente sobre o jogo, meus pitacos são os seguintes: Tite e boa parte de sua comissão técnica, assim como os jogadores sentiram o peso de uma estreia em Copa do Mundo, apesar de seis dos 14 que jogaram terem participado do mundial quatro anos antes. Sei que nossa primeira partida foi uma das mais difíceis em termos de Ranking da FIFA, mas não temos time para empatar com quem só sabe fazer relógios e chocolates.

Dos que foram a campo ontem, apenas Coutinho (simplesmente por causa do gol, um lampejo da sua categoria) não teve atuação apagada. Jogamos apenas 20 minutos do futebol que sabemos e que todos esperam dessa seleção ao longo do jogo, perdemos sim o meio de campo depois do gol suíço e não sei se as entradas de Fernandinho e Renato Augusto foram as melhores escolhas, ainda que as outras opções (Fred e Douglas Costa) não tivessem condições de jogo. Miranda que não costuma falhar teve noite de Thiago Silva e saímos de campo com este resultado ruim, mas que não é para nos preocupar como já disse. Que venham os costa-riquenhos e uma vitória daquelas que lava a alma.

Para isso … Tite, prepara o psicológico dos meninos para sexta-feira, descansa, vai à igreja e .. ah, não bebe suco em copo de vidro.

Aquele abraço e até sábado depois de uma vitória daquelas sobre a Costa Rica!