Livinha Souza espera estrear em breve no octógono do Ultimate

Ainda sem luta confirmada, lutadora projeta estreia para julho no UFC

Livinha Souza já não vê a hora de enfim estrear pelo maior evento de artes marciais mistas do mundo. A lutadora, natural de Araraquara, interior de São Paulo acumula um cartel digno de impôr respeito em qualquer rival, com 11 vitórias e apenas 1 derrota na carreira. Longe do octógono desde o ano passado, a brasileira foi impedida de lutar contra Jessica Aguilar em fevereiro deste ano por conta de uma lesão na mão. Recuperada do imprevisto, Livinha agora projeta a sua estreia no UFC para os próximos meses:

– Faço uma previsão para no máximo julho. Em agosto já vai fazer 1 ano que não estou em atividade. Para um atleta do UFC não tem lógica ficar esse todo tempo fora. To vendo as meninas lutando, quero cair pra dentro! – revela

Foto: Dave Mandel

Na carreira, Livinha tem no currículo cinturões em quase todos os eventos que passou. Maior conquista da carreira, a lutadora faturou o título peso-palha do Invicta FC em 2016. Embalada por duas vitórias na carreira, a atleta de 27 espera pelo momento em que vai poder representar as pessoas que a acompanham no palco do Ultimate, sonho de todo atleta de MMA:

– Vou dar sempre o meu máximo, representar a minha quebrada, a molecada, minha equipe e patrocinadores. Vamos pra cima, cair pra dentro, da mesma forma, nada muda. – conta

Agressiva no cage, e sincera nas palavras, Livinha fez sua última luta em agosto do ano passado, quando venceu Janaisa Morandin na edição de número 25 do Invicta FC. Completamente recuperada de sua lesão, e completamente ativa nos treinamentos, a lutadora aguarda pelo chamado do UFC para realizar sua primeira luta na organização.