Toninho Andrade vai para sua terceira passagem pelo Bonsucesso | Tiago Ferreira/Macaé

Marcelo Salles deixa o Bonsucesso e Toninho Andrade é o novo treinador

Não classificar o Bonsucesso para as fase final do Campeonato Carioca custou caro para Marcelo Salles. O treinador de 39 anos deixou o cargo nesta segunda-feira, em decisão tomada em comum acordo com a diretoria, após uma campanha de duas vitórias e três derrotas, combinação que deixou o rubro-anil na quarta posição da disputa, que classificava apenas os dois primeiros. As vagas ficaram com Cabofriense e Macaé.

A eliminação foi consolidada no último sábado, com derrota por 3 a 1 para o Goytacaz. Como o Estádio Leônidas da Silva não foi liberado para a competição, por falta de laudos, o Leão da Leopoldina foi forçado a mandar seus jogos no Estádio Elcyr Resende de Mendonça, em Saquarema. Os jogos como mandante foram decisivos para a eliminação: a equipe perdeu todas as partidas nesta condição. Também deixa o clube o auxiliar-técnico Fernando Jesus, irmão do atacante Carlos Alberto.

Com a saída de Salles, o Bonsucesso já anunciou seu novo treinador: Toninho Andrade, que vai para sua terceira passagem pelo clube da Leopoldina. Em 2016, ajudou a livrar o clube da Rua Teixeira de Castro de um rebaixamento que parecia certo. Ele assume no treino desta terça-feira, que acontece na Comissão de Desportos da Aeronáutica, em Sulacap.

Com passagens também por Americano, Macaé, Olaria, Portuguesa, Andrade dirigirá o Bonsucesso no grupo X, repescagem do rebaixamento, que será disputada em turno e returno, ao lado de América, Goytacaz e Resende. Os dois primeiros colocados garantem permanência na Série A, enquanto os dois últimos disputarão a Série B1 ainda em 2018.

O Bonsucesso estreia na repescagem na segunda-feira (22), contra o Goytacaz, no Estádio Ary de Oliveira e Souza, em Campos. A partida acontece às 20h.