Marlon Moraes atropela Raphael Assunção no UFC Fortaleza e se aproxima do Title Shot

Foto: Jason Silva/USA TODAY Sports

Na luta principal no UFC Fortaleza, Marlon Moraes não teve piedade de Raphael Assunção, finalizando o compatriota ainda no primeiro round. Os dois atletas se estudaram bastante no início do round, mas, com uma direita poderosa, Marlon aplicou um lindo knockdown, entrou com o ground and pound e depois encaixou uma guilhotina com maestria, emplacando sua quarta vitória seguida. Faturando também o bônus de performance da noite.

Com esse resultado, o Brasil caminha a passos largos para o que um lutador tupiniquim conquiste uma cinta na maior organização de MMA do planeta, o Ultimate Fighting Championship. Hoje, apenas Amanda Nunes é detentora de título, no caso, sendo campeã de duas categorias, peso-galo e pena, após derrotar a conterrânea Cris Cyborg, no UFC 229.

A estrela de Marlon Moraes já brilha a muito tempo, com números para lá de expressivos. Apesar de sua última derrota ter sido em junho de 2017, por decisão dividida para Raphael Assunção, o friburguense soma 17 vitórias nas últimas 18 lutas, com suas três últimas vitórias acontecendo no primeiro round.

Com a vitória do último sábado, quando finalizou o potiguar Raphael Assunção, no UFC Fortaleza, Marlon não só deu o troco para apagar sua última derrota, em sua estreia no UFC, como também solidificou suas credenciais para desafiar o cinturão de TJ Dilashawn.

Com 22 vitórias na carreira, e apenas cinco derrotas, o lutador de 30 anos deixou claro que espera uma disputa de cinturão em seu próximo compromisso pela organização. Ainda sem o pronunciamento oficial, mas com muita especulação, é provável que este cinturão seja disputado nos próximos meses, entre maio e setembro.

“Queria dizer que eu vou pegar esse cinturão! Sou inteligente o suficiente para saber que eu sou o melhor da minha divisão. Nosso campeão desceu de peso e perdeu uma luta que deveria ter ganho por ser bem maior.” – finaliza