Na despedida de Jefferson, Erik marca duas vezes e Botafogo vence o Paraná

Vitória do Botafogo por 2 a 1 sobre o Paraná marcou a despedida de Jefferson dos gramados | Vitor Silva (SS Press/BFR)

A despedida dos sonhos! Como mandava o roteiro, o ídolo Jefferson se despediu do futebol com uma vitória do Glorioso sobre o Paraná, por 2 a 1, no Estádio Nilton Santos. Os gols do Botafogo foram marcados por Erik. Alex Santana marcou o gol paranista.

EMOÇÃO, LÁGRIMAS E GOL

A festa começou antes mesmo da bola rolar. O ídolo Jefferson recebeu diversas homenagens da diretoria e da torcida do Botafogo. Ovacionado pelos presentes no estádio, o atleta não segurou o choro ao ver sua mãe entrar de surpresa no gramado para abraçá-lo.

Mas para a festa ser completa, o Botafogo precisava vencer. E Erik decidiu entrar em cena. Logo no início da partida, o atacante aproveitou um belo cruzamento de Moisés e abriu o placar, de cabeça.

O Paraná não deu muito trabalho para Jefferson no primeiro tempo. Em uma das poucas vezes que chegou, Andrey fez boa jogada individual e rolou para Jhonny Lucas bater, mas o goleiro alvinegro defendeu em dois tempos, sem sustos.

PARANÁ MARCA, MAS ERIK GARANTE A VITÓRIA

Logo no início do segundo tempo, o Paraná foi pra cima. Aos 12, Jhonny Lucas recebeu após ótima jogada de Andrey e bateu de primeira, mas Jefferson encaixou. Aos 18, porém, o ídolo alvinegro não pode fazer nada. Andrey fez boa jogada pela esquerda e a bola sobrou para Alex Santana fazer um golaço. Sem chances para Jefferson.

O empate persistia no placar. Mas a noite também tinha outro protagonista. Aos 29, Brenner tocou para Luiz Fernando, que lançou Moisés. O lateral avançou e cruzou, a bola atravessou a área e Érik apareceu para marcar o seu segundo na partida, garantindo a vitória alvinegra.

A partir daí, o Botafogo soube controlar bem a partida e esperou pelo apito final, que veio após Jefferson cobrar um tiro de meta. No fim, o goleiro se ajoelhou no gramado e foi abraçado por todos os companheiros.

Botafogo 2 x 1 Paraná

Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG)

Assistentes: Felipe Alan Costa de Oliveira (MG) e Ricardo Junio de Souza (MG)

Botafogo: Jefferson; Marcinho, Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Rodrigo Lindoso, Bochecha (João Paulo) e Leo Valencia (Marcos Vinicius); Erik, Brenner e Luiz Fernando (Rodrigo Pimpão). Técnico: Zé Ricardo.

Paraná: Richard; Wesley, Jesiel, Charles e Igor; Leandro Vilela, Alex Santana e Jhonny Lucas (Alesson); Juninho (Rafael Grampola), Keslley (Felipe Augusto) e Andrey. Técnico: Dado Cavalcanti.

Gols: Erik (BOT – 6’/1T); Alex Santana, (PAR – 18’/2T), Erik (BOT – 29’/2T)

Cartões amarelos: Leo Valencia (Botafogo); Leandro Vilela, Wesley e Alex Santana (Paraná).

Público: 27.660 pagantes e 28.972 presentes

Renda: R$ 301.970,00