Na estreia da fase de grupos da Liberta, Vasco perde para La U em casa

Após um bom primeiro tempo, o Vasco não repetiu a boa atuação na segunda etapa e saiu de São Januário derrotado pela La U | Paulo Fernandes (CRVG)

A noite era para ser de festa em São Januário. Os Vascaínos comemoravam o retorno à fase de grupos da Libertadores após seis anos e o 47º aniversário de Zé Ricardo. Porém, faltou combinar com o adversário. Com gol de Araos aos 31 minutos da segunda etapa, a Universidad de Chile bateu o Cruzmaltino por 1 a 0 na noite desta terça-feira (14), em duelo válido pela primeira rodada do Grupo 5 da competição continental.

Com a derrota, o Gigante da Colina caiu para terceira colocação da chave, ficando a frente do Cruzeiro – quarto colocado -, já que tem saldo de gols maior que os mineiros (-1 contra -2). Racing-ARG e La U-CHI lideram o grupo e ocupam a zona de classificação à próxima fase, em primeiro e segundo lugar, respectivamente.

O primeiro tempo começou pegado, com chegadas mais duras e muitas faltas por ambos os lados. Dessa forma, a partida ficou amarrada na intermediária. Até que por volta dos 20 minutos a La U começou a gostar do confronto e levou perigo ao gol vascaíno em duas ocasiões com Rafael Vaz e Soteldo. A partir daí, o Vasco passou a dar as cartas, pressionou o rival e quase chegou ao gol aos 35, em cruzamento de Riascos que bateu no travessão. Todavia, os 45 minutos iniciais terminaram mesmo sem alterações no placar.

No dia de seu aniversário, Zé Ricardo saiu de São Januário sem ter muito o que comemorar | Paulo Fernandes (CRVG)

No intervalo, Zé Ricardo tirou Wagner e retornou para o segundo tempo com Paulinho. O garoto parecia que incendiaria o jogo, participando de duas jogadas de perigo logo nos primeiros minutos. Mas apagou junto com toda a equipe cruzmaltina poucos minutos depois e deu espaço para a La U gostar da partida. Aos 21 minutos, Araos quase abriu o placar, mas Martín Silva salvou.

Contudo, dez minutos depois, aos 31, o Vasco bobeou em jogada de lateral, o mesmo Araos ganhou de Paulão e bateu fraco na saída do arqueiro vascaíno que dessa vez, acabou aceitando e fez 1 a 0 para os chilenos. Em desvantagem, o Gigante da Colina tentou ir para cima, mas teve apenas uma chance clara de gol, aos 44, em cruzamento que atravessou toda a pequena área e Riascos não conseguiu completar para o fundo das redes.

Agora o Vasco tem pela frente o duelo contra o brasileiro do grupo, o Cruzeiro, fora de casa, no Mineirão, somente no próximo dia 04 de abril às 21h45. Antes disso, o Gigante da Colina medirá forças com o Botafogo, no domingo (18), às 16h, no Estádio Nilton Santos, em duelo válido pela última rodada da Taça Rio, segundo turno do Campeonato Carioca.

 

Vasco 0x1 Universidad de Chile

Estádio de São Januário (Rio de Janeiro)

Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)

Assistentes: Carlos Pastorino (URU) e Daniel Popovits (URU)

Vasco: Martín Silva; Yago Pikachu, Paulão, Erazo e Henrique; Desábato (Andres Rios), Wellington, Wagner (Paulinho) e Evander; Rildo (Paulo Victor) e Riascos. Técnico: Zé Ricardo.

Universidad: Johnny Herrera; Vilches, Echeverría e Rafael Vaz; Rodríguez; Seymour (Schultz), Pizarro, Araos (Rafael Caroca) e Beausejour; Soteldo (Isaac Díaz) e Pinilla. Técnico: Guilhermo Hoyos.

Cartões amarelos: Riascos, Paulão (Vasco); Caroca (Universidad de Chile)

Gol: Araos – Universidad de Chile (31/2º tempo)

Renda: R$ 1.195.000,00

Público: 17.594 pagantes e 18.681 presentes