Na estreia de Alberto Valentim, Vasco é derrotado pelo Atlético-PR em Curitiba

Com outro gol de bola parada, o Vasco foi derrotado pelo Atlético-PR fora de casa | Carlos Gregório Jr (Vasco.com.br)

Em partida adiada da 15ª rodada, o Atlético-PR venceu o Vasco por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (29), na Arena da Baixada, e ganhou fôlego na luta para se afastar da zona de rebaixamento. O único gol do jogo foi marcado por Raphael Veiga, de cabeça. Na estreia do técnico Alberto Valentim, a equipe cruz-maltina desperdiça muitas chances e permanece a apenas três pontos de vantagem do grupo dos últimos quatro classificados do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o Vasco cai para a 15ª colocação, com 24 pontos. No próximo sábado (01), às 19h, a equipe cruz-maltina volta a campo para enfrentar o Santos, no Maracanã.

O Furacão teve mais a posse da bola – cerca de 60% – e começou mais presente no ataque. Teve uma boa chance no início na cabeçada de Zé Ivaldo após cobrança de escanteio, mas depois, apesar de dominante, viu o Vasco ter mais oportunidades claras. Foram duas em vacilos da defesa. Na primeira, Santos bobeou na reposição com os pés e deu nos pés de Vinícius Araújo, mas o atacante errou no alvo de cara para o gol. Depois, Santos saiu mal da meta, Raul, depois de furar na primeira tentativa, chutou e o goleiro defendeu. No rebote, Andrés Ríos tentou de bicicleta e também desperdiçou.

Na volta do vestiário, a história se repetiu. O Furacão entrou na tentativa de pressão, e Zé Ivaldo teve duas ótimas chances em sequência, mas não conseguiu converter. Depois, em um contra-ataque, Raul teve em seus pés a oportunida de colocar o Vasco à frente, mas seu chute desviou em Lucho González. Ao contrário da primeira etapa, no entanto, o Atlético calibrou a pontaria. Léo Pereira cruzou da esquerda, a zaga do Vasco ficou olhando a bola, Raphael Veiga desviou de cabeça e venceu Martín Silva: 1 a 0.

O Vasco ainda tentou até o fim arrancar ao menos um empate, mas, embora tenha tido chances com Pikachu e Vinícius Araújo, não conseguiu o gol.

Atlético-PR 1×0 Vasco

Arena da Baixada (Curitiba – PR)

Árbitro: Rodrigo D’Alonso Ferreira (SC)

Assistentes: Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC)

Atlético-PR: Santos; Jonathan, José Ivaldo, Léo Pereira, Renan Lodi; Wellington, Lucho González (Bruno Guimarães), Marcinho (Plata, 41’/1ºT), Raphael Veiga, Bruno Nazário (Márcio Azevedo) Pablo. Técnico: Tiago Nunes.

Vasco: Martín Silva; Lenon, Luíz Gustavo, Bruno Silva, Henrique; Desábato (Thiago Galhardo), Raul, Andrey (Moresche); Yago Pikachu, Vinícius Araújo e Andrés Ríos (Kelvin). Técnico: Alberto Valentim.

Cartões amarelos: Léo Pereira (Atlético-PR); Luiz Gustavo (Vasco)

Gol: Raphael Veiga – Atlético-PR(18’/2º tempo)

Público: 12.907 presentes

Renda: R$ 234.605,00