Vasco bate La U pela Libertadores e garante vaga na Sulamericana

A terça-feira (22), foi de despedida precoce da Libertadores para o time do Vasco, mas com a cabeça erguida e um prêmio de consolação após 90 minutos. Com gols de Bruno Silva e Yago Pikachu – esse aos 36 minutos do segundo tempo -, o Cruzmaltino bateu a Universidad do Chile por 2 a 0, no Estádio Nacional, assumiu a terceira colocação do Grupo 5 e garantiu vaga na Copa Sulamericana.

No Chile, o Vasco precisava fazer o que mais teve dificuldade na Libertadores: gols. Até aqui, a equipe só tinha balançado a rede uma vez, com Wagner. Mas eles vieram. Aos 15 minutos do primeiro tempo, Bruno Silva apareceu como elemento surpresa dentro da área para aproveitar rebote do goleiro e abrir o caminho para vitória: 1 a 0 para o time Carioca. Martín Silva, na defesa, parou Rafael Vaz em chute de longe e Pinilla, na cara do gol, evitando por duas vezes  o empate.

Autor do segundo e decisivo gol, o lateral direito Yago Pikachu chegou ao seu quarto gol na libertadores e décimo no ano sendo o artilheiro da equipe na temporada | Ivan Alvarado (REUTERS)

Aos 36 minutos da segunda etapa chegou o gol da classificação. Martín deu um chutão para frante, que virou assistência para Pikachu – e após bobeira de Jara e saída atrapalhada de De Paul – o lateral, que jogava como atacante, meteu a cabeça na bola e partiu para a comemoração junto com os remanescentes no banco de reservas e Zé Ricardo. Fim de partida: Vasco 2 a 0.

Com o resultado fora de casa, o Gigante da Colina, pelos três gols marcados na competição contra os dois da Universidad de Chile, terminou na terceira colocação do Grupo 5. Cruzeiro e Racing seguem vivos e avançam para próxima fase da Libertadores.

Universidad de Chile 0 x 2 Vasco

Estádio Nacional (Santiago – CHI)

Árbitro: Gerry Vargas

Assistentes: Edwar Saavedra e Reluy Vellejo

Vasco: Martin Silva; Rafael Galhardo, Breno, Werley e Fabrício; Bruno Silva (Kelvin), Desábato, Wagner, Yago Pikachu, Caio Monteiro (Riascos); Andrés Ríos (Erazo). Técnico: Zé Ricardo.

Universidad de Chile: De Paul; Echeverria, Jara, Rafael Vaz, Beausejour; Rafael Caroca (Leiva), Seymou, Lorenzetti; Guerra (Díaz), Soteldo, Pinilla. Técnico: Esteban Valencia

Cartões amarelos: Echeverria (Universidad de Chile) Breno, Riascos, Caio Monteiro (Vasco)

Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Bruno Silva – Vasco (15’/1º tempo); Yago Pikachu – Vasco (36’/2º tempo)

Público: 25.189 pessoas