Nova Iguaçu perde em casa para o Caxias-RS e está eliminado da Série D

Nova Iguaçu foi eliminado da Série D com duas rodadas de antecedência | Bernardo Gleizer (NIFC)

O Nova Iguaçu talvez tenha feito seu melhor jogo na competição, mas acabou derrotado pelo Caxiasnpor 1 a 0 na tarde deste sábado (12), no Laranjão. Com isso, mesmo faltando ainda duas rodadas, o Laranja da Baixada não tem mais chances de classificação para a segunda fase da Série D do Campeonato Brasileiro.

A partida começou com um predomínio do Caxias, líder do grupo. Logo aos 10 minutos, Vavá perdeu boa chance, chutando para fora. Na sequência, Gilson chegou cara a cara com o goleiro e Jefferson fez grande defesa. O Nova Iguaçu começou a melhorar a partir dos 20 minutos, levando perigo sempre pelo lado esquerdo com Ailton.

Numa dessas jogadas, Ailton encontrou Wescley livre, mas o atacante acabou errando a mira na hora do chute. Wallace também teve duas finalizações, ambas sem direção. Aí, numa jogada que começou na cobrança de lateral, o Caxias conseguiu o gol que seria o da vitória. Wesley recebeu dentro da área, girou sobre a marcação e chutou no canto: 1 a 0 para os visitantes.

O segundo tempo foi inteiro do Nova Iguaçu. O Caxias começou a sentir o cansaço e se posicionou todo atrás, fazendo o relógio passar sempre que possível, com a conivência do árbitro. Aos 22 minutos, o Orgulho da Baixada chegou a balançar a rede, com Ailton, mas a arbitragem já tinha apontado falta.

A pressão laranja continuou, mas faltou caprichar no passe final e as chances mais agudas não conseguiram ser criadas. Assim, o jogo acabou mesmo com vitória dos visitantes. Sem ainda pontuar na competição, o Nova Iguaçu terá mais dois jogos por fazer, contra Inter de Lages, domingo que vem, em Lages (SC), e Mirassol, dia 27 de maio, em casa.

Nova Iguaçu 0x1 Caxias

Estádio Laranjão

Árbitro: Fábio Augusto Santos Sá Junior (SE)

Auxiliares: Rodrigo Guimarães Pereira (SE) e Eric Nunes Costa (SE)

Nova Iguaçu: Jefferson; Wallace, Murilo Henrique, Gonçalves e Robinho; Vinicius (Lucas ), Caio Cezar e Dieguinho; Wescley, Ailton e Ávila (Luam) – Técnico: Marcus Alexandre.

Caxias: Gledson; Geninho (Túlio Renan), Júnior Alves, Thiago Sales (Josias Basso) e Vavá; Marabá, Gilson e Diego Miranda; Eder (Mikael), Nathan e Wesley – Técnico: Luiz Carlos Winck.

Cartões amarelos: Dieguinho, Vinicius e Wescley (NOV); Eder, Wesley, Geninho, Nathan e Júnior Alves (CAX)

Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Wesley – Caxias (39′/1º tempo)

Renda: R$ 3.110,00

Público: 281 pagantes e 299 presentes