Nova Iguaçu vence o Voltaço e se aproxima dos líderes do Grupo B

Com uma aula de organização tática, o Nova Iguaçu colocou o Volta Redonda na roda, venceu o time da Cidade do Aço por 2 a 0 na tarde desta quinta-feira (25), no Estádio Laranjão, na Baixada Fluminense e conquistou sua primeira vitória na Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Os gols da vitória saíram dos pés de Adriano e Ronan.

Depois de um início melhor do Voltaço, o Laranja da Baixada começou a construir a vitória aos 32 do primeiro tempo. Robinho avançou em velocidade e serviu Adriano na hora certa. Na cara do gol, o atacante deu um toquinho sutil por cima de Douglas Borges: Nova Iguaçu 1 a 0.

O Volta Redonda voltou melhor no segundo tempo e fez pressão, mas a expulsão de Michel Benhami, por reclamação, minou qualquer chance de reação da equipe. Ao se mandar para o tudo ou nada, levou o segundo gol no último lance do jogo. Jonathan puxou um contra-ataque, foi levando na velocidade, tirou de todo mundo, inclusive do goleiro Douglas Borges, e a bola escapou um pouco, mas Ronan chegou completando para o gol vazio, fim de partida: 2 a 0 para os donos da casa.

O resultado levou o Nova Iguaçu aos quatro pontos e fez a equipe subir duas posições na tabela, deixando o Vasco para trás e entrando na briga por uma vaga nas semifinais da Taça GB. Dentro da zona de classificação estão Flamengo, com nove pontos, e Bangu, também com quatro.

Único time que ainda não venceu no Grupo B, o Volta Redonda segura a lanterna da chave, com apenas um ponto somado em três jogos.

O Nova Iguaçu volta a campo no próximo domingo (28), às 16h30, para encarar o Bangu, em Moça Bonita. Já o Voltaço recebe a Cabofriense na segunda-feira (29), às 19h30, no Raulino de Oliveira.

Boa atuação contra o Voltaço,rendeu ao Nova Iguaçu a primeira vitória no Carioca | Bernardo Gleizer

 

Nova Iguaçu 2×0 Volta Redonda

Estádio Laranjão (Nova Iguaçu)

Árbitro: Elton Azevedo

Assistentes: Rachel de Mattos Bento e Fabiana Nobrega Pitta

Nova Iguaçu: Jefferson; Wallace (Vinícius Matheus), Raphael Azevedo, Murilo Henrique e Lucas; Paulo Henrique, Caio Cezar e Robinho (Dieguinho); Wescley, Vinícius Paquetá (Jonathan) e Adriano (Ronan). Técnico: Edson Souza.

Volta Redonda: Douglas Borges; Luiz Gustavo, Bruno Costa, Daniel Felipe e Michel Benhami (Luiz Paulo); Bruno Barra (Pablo), Marcelo e Vinicius Pacheco; Fabinho Alves (Erik), Dija Baiano e André Duarte (Anselmo). Técnico: Felipe Surian.

Cartões amarelos: André, Daniel, Fabinho Alves e Luiz Gustavo; Jefferson e Raphael Azevedo (Nova Iguaçu)

Cartões vermelhos: Michel Benhami (Volta Redonda)

Gols: Adriano – Nova Iguaçu (30/2º tempo); Ronan – Nova Iguaçu (49/2º tempo)

Público: 879 pagantes e 999 presentes

Renda: R$ 10.700,00