Portuguesa anuncia ex-auxiliar Rogério Corrêa como treinador para Copa Rio

Rogério Corrêa foi apresentado oficialmente pelo vice presidente de futebol da Portuguesa, Marcelo Barros | Divulgação AAP

Sem acordo com o ex-treinador João Carlos Ângelo, a diretoria da Portuguesa anunciou, de forma oficial, na noite da última terça-feira (17), que decidiu efetivar o auxiliar técnico Rogério Corrêa para comandar a equipe da Ilha do Governador na disputa da Copa Rio, que acontecerá no segundo semestre de 2018. Em sua segunda passagem pela Lusa, o novo treinador vai ter a oportunidade de atuar pela primeira vez na sua carreira como técnico profissional e terá como maior objetivo a conquista do título da competição para garantir vaga na disputa da Copa do Brasil de 2019.

Estudioso, Rogério Corrêa é um profissional que vem se preparando há muito tempo para a oportunidade que receberá na Portuguesa. Ex-jogador de futebol, está concluindo a faculdade de educação física e possui vários cursos na área, inclusive o de treinador de futebol da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Aos 37 anos, ele se diz pronto para encarar o desafio de comandar uma equipe profissional.

– Estou muito feliz e agradeço a diretoria da Portuguesa pela oportunidade que só tem acrescentar em minha carreira. Já estou me preparando para esse momento desde 2010, quando parei de jogar profissionalmente. Após esse momento, meu foco era me tornar treinador de futebol. Foi quando comecei a me capacitar para assumir a função e tive a oportunidade de atuar como auxiliar de alguns treinadores. Venho estudando e me aprimorando cada vez mais. Meu momento chegou – afirmou.

O treinador, que atuou como auxiliar técnico de João Carlos Ângelo no Carioca deste ano, também salientou a importância da Copa Rio para a Portuguesa, competição a qual a Lusa é a atual bicampeã.

– Não é só o título, mas também a oportunidade de disputar a Copa do Brasil. Ou seja, ano que vem ficamos com o calendário completo: Campeonato Carioca, Série D do Campeonato Brasileiro, Copa Rio e Copa do Brasil. É o sonho da Portuguesa. E vamos buscar essa conquista – disse.

Segundo o vice presidente de Futebol, Marcelo Barros, a escolha de Rogério Corrêa para assumir o cargo de treinador da Portuguesa na segunda competição de 2018 é baseada na confiança.

– Já que não chegamos a um acordo com o treinador João Carlos Ângelo, vamos dar a oportunidade para o Rogério. Já conhecemos o trabalho dele há muito tempo, sabemos da sua capacidade e acreditamos no bom desempenho dele na competição. A comissão técnica continua praticamente a mesma e todos já conhecem. Então, confio em um bom desempenho na Copa Rio. E nossa expectativa é poder alcançar a Copa do Brasil – ressaltou.