Portuguesa vence Lusa Santista e vai à final da Copa Rubro-Verde

A Portuguesa do Rio de Janeiro garantiu seu lugar na final da Copa Rubro-Verde, competição amistosa de pré-temporada realizada entre quatro portuguesa do Brasil, na noite da última quinta-feira (04), ao vencer a Portuguesa Santista (SP), nos pênaltis, por 5 a 4, após um empate em 2 a 2 no tempo normal, em duelo que foi realizado no Estádio do Canindé, em São Paulo.

Para quem imaginava um jogo tranquilo em ritmo de pré-temporada enganou-se. Os dois times entraram fortes e com disposição para vencer a partida. Tanto é que aos oito minutos, em jogada individual pela esquerda, Rodriguinho penetrou na área e soltou uma bomba com a perna direita no canto esquerdo do goleiro carioca, Jéferson Romário, para fazer 1 a 0 para equipe santista.

Após início avassalador da Briosa, aos poucos, o time carioca foi se ajeitando e criando oportunidades para empatar o marcador. Maicon Assis, aos 22, em chute de fora da área quase conseguiu o gol, mas foi aos 43, em jogada pela esquerda de Diego Maia, que o Juiz assinalou pênalti para a Lusa Carioca. Alexandro com categoria bateu no canto esquerdo do goleiro da equipe de Santos e decretou o empate da partida.

A Lusa Carioca voltou bem melhor para etapa final da partida. Muitas chances foram criadas ainda nos 10 minutos iniciais, ensaiando uma pressão na Briosa. Aos 14 minutos, veio o desempate. Falta pela direita e Romarinho jogou na cabeça de Luan. A bola ia saindo, mas Marcão de carrinho marcou o gol e foi para o abraço: 2 a 0 Portuguesa do Rio.

Alexandro também marcou, de pênalti, na vitória da Portuguesa na semifinal da Copa Rubro-Verde | Fernando Dantas/Gazeta Press

Alterações foram feitas nas duas equipes e jogadores foram observados pelos técnicos. Quando parecia que a Lusa Carioca controlaria o jogo até o fim, sem maiores sustos, a Briosa surpreendeu e empatou a partida novamente em jogada individual de Rodriguinho, fim de jogo: 1 a 1 e vaga a ser decidida nos pênaltis.

Nas penalidades, a Lusa foi eficiente e não deu sopa para o azar. Converteu as cinco cobranças garantindo a vaga para a próxima fase. Maicon Assis, Jhonnathan, Cássio, Sassá e Fabinho converteram para a Lusa Carioca e Rômulo, Rodriguinho e Wendel fizeram para a Briosa, mas como Thiago Moura desperdiçou a sua cobrança, a vitória ficou com o time do Rio.

Com a vitória da Lusa Carioca sobre a Portuguesa Santista e o triunfo da anfitriã, Portuguesa de Desportos sobre a Portuguesa Londrinense, a final da Copa Rubro-Verde está decidida. Portuguesa Carioca e Portuguesa de São Paulo decidem o título da competição, no domingo (07), às 18h30, no Estádio do Canindé. Anteriormente, a Briosa e a Portuguesa Londrinense decidem o terceiro lugar do campeonato.