Ricardo Rocha destaca experiência adquirida no AFC

Ricardo Rocha é apenas um das centenas de atletas brasileiros que lutam por um lugar ao sol no MMA brasileiro, porém a falta de incentivo ao esporte não foi desculpa para que o lutador não buscasse o seu sonho. Invicto no cenário nacional até ser convidado para lutar no AFC (Atemi Fighting Championship), Ricardo enfrentou o russo Magomed Aliev na cidade de Abidjan, Costa do Marfim, no fim de março. Apesar da derrota em solo africano, Ricardo segue com o mesmo foco em busca de voos altos ainda maiores na carreira:

– Estrear no cenário internacional foi a realização de um longo trabalho. Infelizmente não foi o resultado que eu almejava, porém estou muito feliz por tudo que pude aprender nessa viagem. Agora quero voltar a competir nesse grande evento que é o AFC e de preferência o mais breve possível, quero poder dar uma boa luta a todos que torceram por mim e amigos que fiz por lá. – revela

Somando um cartel com 5 vitórias em 6 lutas, Ricardo segue treinando para conseguir outra chance no evento internacional. Peso-leve natural da cidade de Mogi Mirim, interior de São Paulo, o atleta revelou uma lesão que o atrapalhou durante sua última luta, porém, que não foi determinante para o resultado:

– Não encarei essa derrota como o fim do mundo, pois sei de tudo que eu fiz para essa batalha. Infelizmente tive uma lesão na costela logo no inicio do primeiro round e com isso fiquei impossibilitado de soltar o meu jogo. Mas isso não é desculpa, meu adversário estava em um alto nível de luta e mereceu sair com a vitoria. Tenho que agradecer a ele pelo combate, pois ele me tornou um lutador mais forte, me fez passar por uma situação que nunca tinha passado e é isso que eu levo comigo para o próximo combate. – conta

Foto: Carol Beatriz

Ricardo fez um duro duelo contra Magomed Aliev, que teve desfecho no fim do terceiro round. Após desbravar o continente africano, Ricardo sonha em lutar no cenário norte-americano, local de origem dos maiores eventos das artes marciais mistas, como o UFC e o Bellator.

– Meu objetivo agora é dar continuidade ao trabalho que está sendo feito pela minha equipe Black Sheep MMA, Thosin, Alemão (wrestling) e Dera Team. Tenho muita lenha para queimar ainda. Tenho alguns outros objetivos que eu coloquei que é ir lutar na América e irei realizar. Além de estar abrindo meu novo empreendimento que chamará Arena Fit, onde levarei minha a marca Rocha Team – finalizou Ricardo.

Apelidado como “The Rock”, como é conhecido na região, Ricardo Rocha segue como um grande exemplo de superação dentro e fora do cage.