Sampaio Corrêa empata no fim contra Bonsucesso e lidera Taça Corcovado

Líderes de seus grupos, Bonsucesso e Sampaio Corrêa se enfrentam neste domingo (29) em Moça Bonita

Bonsucesso e Sampaio Corrêa se enfrentaram neste domingo (29) pela quarta rodada da Taça Corcovado com direito a empate com gosto de vitória para o Sampaio.

A tarde ensolarada no Estádio Moça Bonita, em Bangu, terminou com o placar de 1 a 1 e Sampaio Corrêa voltando à liderança de seu grupo. Pedro Pires abriu o placar no primeiro tempo para a equipe do Cesso e Sorriso marcou o gol de empate nos acréscimos do segundo tempo para a equipe de Saquarema.

BONSUCESSO SUPERIOR

O Bonsucesso dominou praticamente o primeiro tempo todo e não deixou o Sampaio Corrêa criar muitas jogadas.

Aos 16 minutos do primeiro tempo, em bela jogada, Jackson pelo lado esquerdo cruzou a bola para Pedro Pires finalizar. O atacante que vem ganhando a titularidade e confiança do técnico Emanoel Sacramento abriu o placar para os donos da casa. O Sampaio Corrêa parecia perdido e não demonstrava o futebol que jogou nos últimos jogos da campanha e sua melhor jogada na primeira etapa veio dos pés do volante Gama.

Enquanto o Rubro-Anil estava afoito em seu contra-ataque o Galinho da Serra continuava buscando seu futebol.

No final do primeiro tempo, após cruzamento de Thiaguinho, o volante Mauro Silva, do Bonsucesso, ainda teve uma chance clara mas acabou isolando a bola.

SORRISOS EM SAQUAREMA

Na volta para a segunda etapa, o técnico Luciano Quadros decidiu fazer duas mudanças que foram importantíssimas no decorrer da partida: Wellington Jr e Sorriso, que logo em sua primeira bola, deu um belo chute para uma excelente defesa do goleiro Marcelo Carné. O time do Sampaio começou a se encontrar, jogando melhor tanto fisicamente quanto taticamente, criando chances mais claras e com time mais ofensivo. Em contrapartida, o Cesso não parecia o mesmo da primeira etapa. Aos 26 minutos, para completar, Victor Pereira levou o segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com um a menos dentro de campo, o Bonsucesso não resistiu e aos 46 minutos levou o gol de empate. O atacante Sorriso, após rebate de cabeçada, finalizou e deixou tudo igual no Moça Bonita.

Para o técnico Emanoel Sacramento, a equipe do Bonsucesso foi superior o tempo todo mesmo saindo com o empate.

— Segundo tempo foi controlado até a hora da expulsão do Victor. De onde eu estava parecia falta do Rossales e não do Victão. Precisamos continuar trabalhando, colocar a cabeça no lugar e nesse momento de calor do jogo não da pra gente fazer muitas avaliações é melhorar esperar um tempinho e analisar a partida. A primeira impressão que eu tenho é que o Bonsucesso dominou o jogo inteiro e teve as melhores possibilidades. Infelizmente não concluímos a gol todas as vezes que criamos e isso acaba gerando uma intranquilidade e em uma jogada os caras acabam acertando a bola e conseguindo o empate. É isso mesmo, o Bonsucesso continua na briga e tenho certeza que com essa dedicação nós temos grande chance de conseguir o acesso – disse.

Do outro lado, empate com gosto de vitória foi comemorado pela equipe de Saquarema e o técnico recém chegado Luciano Quadros ressaltou isso.

— Foi um empate com gosto de vitória dentro das circunstâncias. Uma equipe que fez o primeiro tempo ruim, nós não nos encontramos, porque a gente se planejou para jogar a partida e acabamos sentimos. É mérito para a equipe deles que marcou alto e nos dificultou. Nós sabíamos disso, porque trabalhamos ao longo da semana para isso, mas faltou um pouquinho de coragem para a gente aplicar o que a gente fez todo dia. Então no intervalo a gente mudou a equipe, mudou o jeito de jogar, a forma dentro de campo e fomos um time mais agressivo, contundente e no contexto geral o empate nos da um gosto de vitória. Nos mantem na liderança e invictos em um jogo contra uma equipe postulante também a chegar grande. Eu tenho uma tese: time que chega, que busca coisa grande na competição mesmo quando joga mal, não perde. E conseguimos mostrar isso hoje. Feliz pela entrega e pela busca incessante do empate até o final, porém precisamos corrigir alguns erros ao longo da semana, para que no jogo dentro de casa a gente se proponha a jogar melhor dentro de todos os aspectos e conseguir jogar melhor – ressaltou Luciano.

O Rubro-Anil da Leopoldina termina a quarta rodada da Taça Corcovado na vice-liderança do grupo B. Já o Galinho da Serra continua invicto no segundo turno e chega aos 10 pontos retornando à liderança do Grupo A.
O próximo desafio das equipes será no sábado (4). De um lado, o Bonsucesso visita o Barcelona, na rua Bariri. Enquanto isso, o Sampaio Corrêa terá pela frente o Carapebus no Estádio Lourivaldão, em Saquarema.

Bonsucesso 1 x 1 Sampaio Corrêa

Local: Moça Bonita

Árbitro: Diego Henrique Gandara

Assistentes: Rafael Almeida da Silva e Alrismar Arrais de Araújo

Bonsucesso: Marcelo Carné; Rossales, Vitor, Lucas Tavares, Dieyson; Filipe Silva, Mauro Silva, Pedro Pires (Mayaro), Thiaguinho; Maikinho (Adriano) e Jackson (Vinicius). Técnico: Emanoel Sacramento.

Sampaio Corrêa: George; Leomir (Fábio Neves), Pessanha, Anderson Luiz e Marcinho; Gama (Wellignton Jr.) , Maicon Douglas, Luciano Mandi (Sorriso) e Kaká Mendes; Maranhão e Léo Guerreiro. Técnico: Luciano Quadros.

Gols: Pedro Pires (BFC 16‘ 1T); Sorriso (SCF 46’ 2T)

Cartões amarelos: Pedro Pires, Marcelo Carné, Dieyson, Mauro Silva (BFC); Leomir, Anderson Luiz e Léo Guerreiro (SCF)

Cartões vermelhos: Victor Pereira (BFC)

Público: 93 presentes (200 pagantes)

Renda: R$ 1.600,00