Saulo faz milagres no fim e Botafogo empata com São Paulo no Nilton Santos

Botafogo e São Paulo fizeram um jogo de muita emoção neste domingo no Nilton Santos | Vitor Silva (SS Press/BFR)

Botafogo e São Paulo deixaram os seus torcedores alucinados no empate em 2 a 2 na tarde deste domingo (30), no Estádio Nilton Santos, pela 27ª do Campeonato Brasileiro. Em jogo aberto e emocionante, o Tricolor paulista perdeu a chance de retomar a liderança da competição, tomada pelo Palmeiras que jogou pela manhã.

Com a igualdade no placar, o Alvinegro de General Severiano se manteve na décima segunda colocação na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro com 33 pontos e, neste momento, está a quatro pontos da primeira equipe da zona de rebaixamento da competição, o Vasco. (29 pontos)

A etapa inicial começou totalmente aberta, com a bola rodando rapidamente, e os ataques levando vantagem sobre as defesas. Aos quatro minutos, Jean abriu o placar para o Botafogo, mas Diego Souza empatou logo depois, aos sete, para o São Paulo. Só que o time da casa criava mais perigo, tanto na armação quanto na finalização: foram seis contra três. Assim, aos 22, Kieza recolou o Alvinegro na frente: 2 a 1 para o Botafogo. O Tricolor não conseguia produzir na frente, então apelava para as bolas levantadas na área: foram 13, contra quatro do adversário.

Diego Aguirre colocou Carneiro no lugar de Edimar e aumentou a presença de área do São Paulo no segun otempo. Foi o suficiente para fazer o time visitante chegar mais: o uruguaio empatou aos 16. Depois dos 30, Zé Ricardo apostou em Pimpão no Botafogo. O jogo continuou aberto, com chances seguidas dos dois lados, mais por falhas das defesas do que por mérito dos meio e ataques. O Tricolor melhorou tanto que ultrapassou o Alvinegro nas finalizações: 15 a 9, além de mais posse de bola, 59%. E Saulo garantiu o empate com as duas defesas nos acréscimos.

Agora, pela 28ª rodada do Brasileirão, o Botafogo só joga na outra terça-feira (09) , contra o Vasco, às 21h, no Nilton Santos. Antes, na próxima quarta (03), o time carioca recebe o Bahia para o jogo de volta das oitavas de final da Sul-Americana – na ida, o time baiano venceu por 2 a 1.

Botafogo 2×2 São Paulo

Estádio Nilton Santos (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro: Rafael Traci (PR)

Assistentes: Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Botafogo: Saulo, Marcinho, Joel Carli, Igor Rabello e Moisés; Jean (Matheus Fernandes), Gustavo Bochecha e Rodrigo Lindoso; Erik (Rodrigo Pimpão), Luiz Fernando e Kieza (Brenner). Técnico: Zé Ricardo.

São Paulo: Sidão; Bruno Peres (Liziero), Bruno Alves, Anderson Martins e Edimar (Carneiro); Jucilei, Hudson, Nenê (Rodrigo Caio), Rojas e Reinaldo; Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.

Gols: Jean, 5’/1°T (1-0); Diego Souza, 7’/1°T (1-1); Kieza, 24’/1°T (2-1); Carneiro, 16’/2°T (2-2).

Cartões amarelos: Gustavo Bochecha (Botafogo); Anderson Martins e Liziero (São Paulo).

Cartões vermelhos: Não houve.

Público: 18.403 pagantes e 19.976 presentes

Renda: R$ 285.760,00