Sem vitórias em quatro jogos, PC Gusmão deixa o Madureira

PC Gusmão não é mais técnico do Madureira | Divulgação

Após a derrota por 2 a 1 para o Fluminense na noite do último domingo (28), a segunda em quatro jogos na Taça Guanabara, o Madureira acertou na tarde da última segunda-feira (29), a rescisão amigável de contrato com treinador Paulo César Gusmão, que não comanda mais o Tricolor Suburbano.

De volta à equipe da Rua Conselheiro Galvão no início de 2018, após passagem pela Portuguesa-SP no segundo semestre de 2017, PC Gusmão não repetiu o bom desempenho que teve no comando técnico do Tricolor no último Estadual, onde foi chegou até as semifinais da Taça Guanabara, brigou até as últimas rodadas por uma vaga nas semifinais da do Campeonato Carioca e classificou o Madureira para disputa da Série D do Campeonato Brasileiro deste ano. Em 11 jogos disputados, venceu quatro, empatou três e perdeu outras quatro, obtendo 45% de aproveitamento.

Com duas derrotas e dois empates em quatro jogos no Carioca, PC Gusmão se reuniu com a diretoria na tarde de ontem, revelou uma falta de acerto dele com o time e problemas particulares que o impediriam de viajar para Londrina, onde a equipe enfrentará o São Paulo em duelo válido pela primeira fase da Copa do Brasil.

Presidente do Madureira, Elia Duba falou sobre a conversa com o ex-técnico e revelou quem comandará o Tricolor Suburbano contra o São Paulo.

– Nós somos amigos antes de qualquer coisa. Então, ele conversou conosco e entendemos toda a situação. Ele não é mais nosso treinador. Por enquanto ainda não temos nenhum nome confirmado para o cargo. Pela Copa do Brasil quem irá comandar o clube é o auxiliar técnico, o Acácio – disse.

Madureira e São Paulo, acontece na noite da próxima quarta-feira (31), às 21h45, no Estádio do Café, em Londrina.