Semana 5 da NFL pode ter marcado o fim da carreira de JJ Watt

HOUSTON, TX - OCTOBER 08: J.J. Watt #99 of the Houston Texans is helped off the field after being injured in the first quarter against the Kansas City Chiefs at NRG Stadium on October 8, 2017 in Houston, Texas. (Photo by Bob Levey/Getty Images)

A última rodada da NFL nos rendeu muitos momentos memoráveis, como a virada espetacular de Aaron Rodgers sobre o Dallas Cowboys e a performance avassaladora da defesa dos Jaguars contra o Pittsburgh Steelers. Uma semana que teria tudo para ser a melhor do ano para os fãs da bola oval, não fosse pela lesão que encerrou a temporada do Denfensive End, JJ Watt.
Watt foi a 11º escolha geral do draft de 2011, após uma ótima carreira universitária defendendo o time de Wisconsin, onde conquistou o Lott trophy (prêmio dado ao jogador mais impactante da temporada) e fez parte da seleção da temporada, ambos em 2010.
Em sua carreira na NFL, Watt conquistou o prêmio de jogador defensivo do ano 3 vezes (2012, 2014, 2015) se tornando o segundo jogador na história do esporte a alcançar esse feito. Em 2014, teve o melhor ano de sua carreira, terminando a temporada com 59 tackles, 10 passes desviados, e incríveis 20,5 sacks, tornando-se o primeiro jogador da história a ter duas temporadas com mais de 20 sacks. Em 2016, o defensive end jogou apenas 3 jogos, antes de encerrar a temporada com uma lesão nas costas.
Apesar de todo o seu destaque dentro de campo, foi fora dele que o jogador mostrou porque será eternamente marcado na historia do Houston Texans. Dia 26 de agosto, Watt começou uma campanha de doações para arrecadar fundos para as vítimas do furacão Harvey, que deixou inúmeros desabrigados no Texas, com uma meta de juntar 200.000 dólares. 10 dias depois, a campanha já tinha arrecadado 27 milhões de dólares, dinheiro que até hoje esta sendo fundamental para a reconstrução dos pontos atingidos pelo tornado.
Toda essa caminhada vitoriosa do jogador, dentro e fora de campo, fizeram com que os fãs do esporte ficassem com o coração partido depois da confirmação dos médicos de que o atleta esta fora da temporada com uma fratura no platô tibial, sofrida na derrota de Houston contra o Kansas City, no ultimo domingo. Uma lesão que levanta uma questão ainda mais perturbadora para os fãs do atleta: “Será que é o fim da carreira de Watt?”
Infelizmente, não seria uma surpresa se a resposta da pergunta fosse “sim”. Essa questão foi levantada ano passado, quando Watt teve que passar por duas cirurgias nas cotas por conta de uma hérnia. Watt voltou para essa temporada após a segunda cirurgia, porem não vinha apresentando números expressivos, com 11 tackles e nenhum sack nas primeiras 5 semanas.
Sendo torcedor dos Texans ou não, o que todo fã de futebol americano espera é que Watt seja resiliente para voltar de mais uma lesão delicada, e de continuidade a sua caminhada rumo ao hall da fama da NFL