Taça BH: Lucão brilha, Vasco vence Inter nos pênaltis e avança às semifinais

Os meninos da Colina comemoraram muito a classificação às semifinais da Taça BH | Divulgação FMF

Os meninos da Colina seguem fazendo bonito na Taça BH de Futebol Sub-17. Na tarde desta quarta-feira (25), o Cruzmaltino, após empatar em 1 a 1 no tempo normal, viu seu goleiro brilhar e garantiu, nos pênaltis – por 3 a 2 – pela primeira vez na história uma vaga nas semifinais da competição. No tempo regulamentar, Vinicius marcou o gol do Vasco e Peglow marcou para os Gaúchos.

Vinícius marca golaço e o Cruzmaltino sai na frente

A primeira etapa começou equilibrada em Sete Lagoas. O Internacional ficava mais com a bola nos primeiros minutos, mas não conseguia penetrar na defesa vascaína. Já o time carioca era mais perigoso quando chegava ao último terço do campo. Tanto que, aos 14 minutos, o Vasco foi o primeiro a finalizar. Juninho encontra espaço na entrada da área e arriscou de longe. O chute saiu forte, por cima do gol, e assustou o goleiro Diogenes.

O Cruzmaltino seguiu melhor no jogo e quase marcou um gol olímpico com Roger, a bola ainda tocou no travessão antes de sair. A soberania dos comandados de Celso Martins não demorou a surtir efeito. Aos 26, após erro da defesa colorada na saída de bola, Vinícius aproveitou, deu um corte seco no zagueiro e chutou de perna esquerda, no ângulo direito do goleiro Diogenes. Golaço.

Com o gol sofrido, o técnico Gabriel Carvalho foi obrigado a mexer na equipe gaúcha. Peglow entrou no lugar de Leonardo. Funcionou. Os colorados melhoraram na partida, e por muito pouco não chegaram ao empate na primeira etapa. Peglow e Luiz Henrique, de cabeça, tiveram as chances de igualar o marcador, mas desperdiçaram.

Inter empata no tempo regulamentar, mas Vasco vence nos pênaltis

O Internacional voltou para o segundo tempo com outra postura. A pressão nos primeiros minutos da etapa final surtiu efeito. Logo aos 8, após escorregão de Riquelme,  Dudu recebeu lançamento livre pela direita e cruzou na área, a defesa do Vasco afastou mal e a bola sobrou para Peglow, livre, chutar entre as pernas do goleiro Lucão: 1 a 1.

Não demorou para os vascaínos voltarem ao controle da partida. A equipe de São Januário tornou a ter mais posse e quase marcou o segundo. Talles aproveitou bola alçada na área do Inter e finalizou com força, por cima do gol colorado. Mas o ímpeto da partida não era mais o mesmo. Jogadores dos dois times começaram a acusar o cansaço e a partida terminou empatada, indo para as penalidades máximas.

Na disputa por pênaltis, Lucão foi o protagonista. O goleiro do Vasco defendeu duas das cinco cobranças realizadas pelo Inter. Resultado: 3 a 2, e Vasco classificado para enfrentar o vencedor do confronto entre Fluminense x América-MG, que acontece amanhã, às 11 horas, em Venda Nova.

Internacional 1 (2) x (3) 1  Vasco

Local: Arena do Jacaré – (Sete Lagoas – MG)

Árbitro: Fernando Roberto do Carmo

Assistentes: Glaucia Faria Paula e Bernardo de Souza Pádua

Internacional: Diogenes; Bernardo (Thiago Reis), Pedro Henrique, Leonardo (Peglow) e Cazetta (Gabriel); Jonathan, Erick, Thalis (Tavares), Dudu (Paulo) e Guilherme Pato; Luiz Henrique. Técnico: Gabriel Carvalho

Vasco: Lucão; Nathan, Germano, Menezes e Riquelme; Bruno, Juninho (Gabirel Pec) e Roger (Michael); Brendon (Rodrigo), Talles e Vinícius. Técnico: Celso Martins

Gols: Vinícius (VAS – 26/1T) e Peglow (INT – 8/2T)

Cobrança de Pênaltis: ( 2 x 3) Bruno, Talles e Vínicius converteram para o Vasco e Germano desperdiçou. Luiz Henrique e Pedro Henrique fizeram para o Inter e Jonathan, Peglow e Gabriel perderam.

Cartões amareloa: Pedro Henrique, Bernardo e Gabriel (INT) –  Juninho (VAS)

Cartão vermelho: Não houve.