Tigres bate o America e se garante na final da Taça Santos Dumont

Em uma das semifinais da Taça Santos Dumont, o primeiro turno do Campeonato Carioca da Série B1, Tigres do Brasil e America se enfrentaram na tarde desta quarta-feira (07), no Estádio Los Lários, em Xerém e os donos da casa, que jogavam com a vantagem do empate para chegar a decisão, levaram a melhor e venceram o confronto com gol do lateral-direito Gabriel, melhor jogador em campo, já nos acréscimos.

A grande final do primeiro turno da Série B1 do Campeonato Carioca acontecerá no próximo sábado (07), às 15h, no Estádio Ângelo de Carvalho, em Campos e será contra o Americano que no outro duelo das semifinais venceu o Friburguense por 2 a 0.

Segundo o capitão e camisa 10 do Fera da Baixada, Diego Sales, o time jogou muito bem e o pensamento da equipe agora é todo no Americano.

– A gente já entrou na partida sabendo que o empate era nosso, e aí normalmente, eles ficaram com mais posse de bola. Porém, nós fomos mais agressivos e saímos mais no contra ataque. Em relação ao Gabriel, não só nesse jogo, mas ele vem jogando bem, nos ajudando e foi um dos melhores em campo. Além dele, tem o goleiro Léo, que se não fizesse aquelas defesas, as coisas poderiam desandar e talvez não iríamos sair daqui com a vitória.  O grupo está de parabéns, a diretoria tá arcando com tudo que foi combinado, os jogadores têm muito comprometimento e aqui tem muito trabalho. Daqui pra frente é pensar no Americano, descansar e fazer um bom jogo lá – disse.

PRIMEIRA ETAPA SEM GRANDES EMOÇÕES

A equipe do America iniciou muito bem o do primeiro tempo, pressionando bastante os donos da casa, e logo aos dois minutos, Anderson Künzel cobrou com muita força uma falta da intermediária para uma boa defesa do goleiro Rafael. Apesar da pressão, antes da parada técnica não houve fortes emoções. Após os 20 minutos iniciais de partida, o America chegava muito bem pela lateral esquerda com a dupla Quaresma e Künzel e só a partir dos 25 minutos, o Tigres teve suas melhores chances. Aos 30, lateral Gabriel chegou bem em cobrança de falta para dentro da área e na cabeçada fez a bola passar muito perto da trave. O goleiro Rafael, saiu muito bem salvando o America com excelentes defesas. Para finalizar o primeiro tempo, o Tigres criou as melhores chances. Aos 43 minutos, Diego Sales, em bela cobrança de falta, mandou a bola perto do travessão.

ETAPA DECISIVA: GOL DO CRAQUE DO JOGO

Mais uma vez, o America iniciou dominando em campo. Até os 15 minutos, o Mecão mandava na partida. Aos 17 minutos, Künzel, mais uma vez, acertou o travessão com chute forte em cobrança de falta. Depois disso, com a entrada do camisa 17, Felipe Araujo, o Tigres cresceu, se organizou, chegava forte nas jogadas ofensivas e puxava belíssimos contra-ataques. O técnico Luisinho tentou tornar o time do America mais ofensivo com a entrada de Raphael Carioca, Lopeu e Moisés mas o Tigres continuava marcando sob pressão, a equipe rubra que dava indícios de cansaço. Aos 49 minutos da etapa final, Charles Chad arrancou em contra-ataque e tocou para o lateral-direito Gabriel, que driblou o goleiro, deixou sua marca registrada no confronto e garantiu o Tigres na final da Taça Santos Dumont.

Tigres do Brasil 1×0 America

Estádio de Los Larios (Duque de Caxias – RJ)

Árbitro: Paulo Renato Moreira da Silva Coelho

Assistentes: Rafael Sepeda de Souza e Gustavo Mota Correia

Tigres do Brasil: Léo Flores; Gabriel, Anderson, Allan Miguel e Wesley (Wallace); Chamel, Jonathan (Renan) e Diego Sales; Dudu, Charles Chad e Daniel Marins (Felipe Araújo). Técnico: Mário Junior.

America: Rafael; Tiago Baiano, Carlos Alberto, Bruno Santos e Quarema; Araruama, Anderson Künzel, Felipe Pará e Nivaldo (Lopeu); William Chrispim (Raphael Carioca) e Daniel (Moisés). Técnico: Luisinho Lemos.

Cartões amarelos: Dudu, Gabriel e Charles Chad (TIG); Daniel, Felipe Pará, Araruama e Carlos Alberto (AME)

Gol: Gabriel, 49’/2ºT (1-0)

Público: 400 presentes (350 pagantes)

Renda: R$ 5.000,00