Tigres chega à decisão em busca do primeiro título da Taça Santos Dumont

Depois de uma excelente campanha, terminando como líder do Grupo B com 18 pontos, cinco vitórias, três empates e apenas uma derrota, O Tigres chega com força máxima para a grande final da Taça Santos Dumont, primeiro turno do Campeonato Carioca da Série B1, que será disputado contra o, também, fortíssimo Americano, no próximo domingo (08), às 15h, no Estádio Ângelo de Carvalho, em Campos.. Com um aproveitamento de 66,7%, as Feras da Baixada vão em busca de seu primeiro título da competição não temem quando o assunto é jogar fora de casa. Para o capitão Diego Sales, a equipe está muito preparada para o desafio.

-Jogar fora de casa não é o que queríamos, mas também não achava que tinha que ser no nosso estádio, na minha opinião tinha que ser em campo neutro. Pois é a final e final é diferente né, mas eu sou apenas um jogador. Nós estamos preparados para a final. A expectativa é a melhor possível, nós sabemos que a equipe do Americano é muito forte, eu conheço lá, já joguei no clube, o professor Josué Teixeira já foi meu treinador quando eu jogava no Macaé, mas lá são 11 contra 11, a bola vai ser redonda. A gente tem que se impor para sair de lá com o resultado positivo – disse.

A equipe de Xerém vai bastante empolgada para o jogo após a vitória na semifinal que desbancou o tradicionalíssimo America –  que na competição, ainda não havia perdido fora de casa. Jogo apertado, e com gol suado do lateral direito, Gabriel, no finalzinho do segundo tempo, as Feras da Baixada estão confiantes para a grande final. Para o autor do gol, a expectativa é muito grande.­

-Com certeza vai ser uma grande partida, agora é recuperar bem porque lá vem ser um jogo bastante desgastante e se Deus quiser, que a gente possa fazer um grande jogo lá. A partida contra o America foi muito importante, pois além dos pontos que lá na frente vão fazer diferença, uma vitória sempre da confiança ao grupo e isso é bom para gente fazer uma bela partida na final  – afirmou.

Sob o comando de Mário Júnior, Diego Sales, foi o principal destaque com cinco gols e quatro assistências, na campanha do Tigres, Um time ofensivo e com jogadores muito fortes, a equipe se manteve muito focada durante a competição. E de fato, união não faltou durante a caminhada. Com direito ao grande apoio da diretoria, a mesma disponibilizou uma grande estrutura com 20 chalés no centro de treinamento do Tigres, devido a distância e pensando no bem estar de seus atletas. Segundo Diego, é muito importante o suporte do clube.

-O Tigres nos oferece uma qualidade muito boa, campos bons para treino, moradia muito boa, estádio próprio, alimentação de primeira e os funcionários do clube são excelentes. Isso é muito importante para o elenco. Essas coisas extracampo, influenciam muito dentro de campo. – ressaltou.

ANÁLISE TÁTICA

Classificação
Em 10 jogos, o clube possui um total de seis vitórias, três empates e apenas uma derrota. Dentro de casa, o time não perdeu nenhumjogo e seu único resultado negativo foi contra o Audax-Rj, por 1 a 0, no Estádio Moça Bonita. Até a final, a equipe teve um aproveitamento de 60%.

Trajetória até a final

1º jogo: São Gonçalo 1 x 1 Tigres do Brasil
Gol – Diego Sales (31’ 1T)
Cartões Amarelos – Chamel, Diego Sales, Jonathan e Weliton Gago

2º jogo: Tigres do Brasil1 x 1 Duque de Caxias
Gol – Gabriel (21’2T)
Cartões Amarelos –Dudu

3º jogo: Itaboraí 0 x 3 Tigres do Brasil
Gol – Léo Fortunato (22 ’1T)
Felipe Araújo (44’ 45’ 2T)
Cartões Amarelos – Allan Miguel, Careca, Chamel, Igor Salles, Léo Flores

4º jogo: Tigres do Brasil 2 x 2 Bonsucesso
Gol – Diego Sales (14’ 1T 19’ 2T)
Cartões Amarelos – Allan Miguel, Gabriel, Léo Fortunato, Wesley

5º jogo: Carapebus1 x 2 Tigres do Brasil
Gol – Careca (3’ 1T) e Allan Miguel (42’ 2T)
Cartões Amarelos – Allan Miguel, Careca, Felipe

6º jogo: Tigres do Brasil 2 x 1Olaria
Gol –Igor Salles (28’ 1T) e Charles Chad (31’ 2T)
Cartões Amarelos –Chamel, Felipe Araújo, Igor Salles e Jonathan Almeida

7º jogo: Serrano1 x 2 Tigres do Brasil
Gol – Diego Sales (48’ 1T) e Allan Miguel (21’ 2T)
Cartões Amarelos – Dudu, Gabriel, Gian e Wallace
Cartão Vermelho: Mário Júnior (Técnico)

8º jogo: Audax-RJ 1 x 0 Tigres do Brasil
Gol – 0
Cartões Amarelos – Allan Miguel, Gian e Wesley

9º jogo: Tigres do Brasil 2 x 1 Friburguense
Gol – Charles Chad (22’ 1T) e Diego Sales (39’ 2T)
Cartões Amarelos – Dudu, Felipe Araújo, Léo Flores, Léo Fortunato, Weliton Gago

10º jogo: Tigres do Brasil 1 x 0América
Gol – Gabriel (48’ 2T)
Cartões Amarelos – Charles Chad, Dudu e Gabriel

Média de gols efetuados/sofridos

Na competição, o Tigres marcou 16 gols contra 9 sofridos. No geral, foram seis gols no primeiro tempo e dez no segundo, totalizando uma média de 1,6.

Quando abrem o marcador

A média do 1’T em relação ao minuto no qual o Tigres abre o placar, fica em 20 minutos. Já em relação ao 2’T, alcança os 31 minutos.

Estatísticas dos últimos cinco confrontos entre Tigres do Brasil e Americano

O último confronto entre as equipes foi realizado em 2 de Agosto de 2017, no Estádio Ary de Oliveira e Souza, o Aryzão, e o Americano saiu com a vitória de 1 x 0, gol marcado por Espinho. Em relação ao time do Tigres, os únicos remanescentes para equipe atual são: Wallace e Chamel. Na época, o zagueiro Admilton, que atualmente defende a camisa do Americano, jogava pelo Tigres e estava em campo na derrota por 1 a 0.

Os outros quatro jogos, foram marcados por 2 vitórias para o Americano (2013 e 2014), 1 a favor do Tigres (2010) e 1 empate (2009).