UFC Fight Night 124 marcará a despedida de Vitor Belfort

No próximo domingo (14), o fenômeno Vitor Belfort, atualmente com 40 anos, fará sua última luta pelo UFC, cumprindo assim o seu contrato com a maior organização de MMA do mundo. Foram duas décadas encarando de frente grandes lutadores, duas décadas de uma lenda do esporte que por muitas vezes elevou o nome de nosso país. Se existe um nome que merece ser lembrando no mundo das lutas, este nome é o de Vitor Belfort.

O pupilo do saudoso mestre Carlson Gracie está confirmado no card do UFC Fight Night 124 onde enfrentará Uriah Hall no Co-Main Event da noite, o evento acontece em St. Louis, nos Estados Unidos.

Com uma vida marcada por vitórias impressionantes e um grande drama familiar, o lutador carioca esteve presente nos maiores eventos de lutas que este mundo já presenciou e ganhou o apelido de fenômeno ao conquistar o cinturão dos peso-pesados do UFC  na edição de número 12 da organização que aconteceu em 1997, quando tinha apenas 19 anos.

Sempre foi visto como uma das maiores promessas do Brasil no mundo das lutas, além de vencer o GP dos pesados no UFC, Vitor também Conquistou o cinturão dos meio-pesados da organização aos 26 anos e essa ficou muito marcada pois aconteceu  cerca de 3 semanas após o desaparecimento de sua irmã, em janeiro de 2004. O cinturão não demorou em posse do brasileiro, 7 meses após a conquista, veio a revanche com o ex-campeão Randy Couture e a derrota do brasileiro por nocaute. Apesar da derrota, Vitor já havia conquistado algo inédito na organização, conquistar 2 cinturões em pesos distintos, meio-pesado e peso-pesado.

Fora do UFC, o fenômeno esteve em eventos como Pride, Strikeforce, Affliction e Cage Rage, até retornar  em definitivo para a maior organização de MMA do mundo em 2009, quando enfrentou e nocauteou Rich Franklin no 1° round. De lá para cá o lutador carioca fez 14 lutas pela organização, dentre elas, 3 disputas de cinturões. Enfrentou a lenda Anderson Silva, onde acabou nocauteado no 1° round, uma luta que foi muito aguardada por fãs do mundo todo. Esteve também disputando o cinturão dos meio-pesados com o americano Jon Jones, onde apesar da derrota, saiu aplaudido após quase ter finalizado um dos lutadores mais temidos do mundo com um arm-lock(chave de braço).

As coisas mudaram para Vitor no UFC após a proibição do tratamento de reposição hormonal pouquíssimo tempo antes de disputar o cinturão dos médios novamente, a disputa seria contra Chris Weidman e teve que ser adiada, pois o brasileiro não passaria no exame anti-doping pelo uso contínuo de testosterona. Alguns meses depois, sem opção de fazer a reposição hormonal, Vitor acabou nocauteado por Chris Weidman no 1° round, perdendo assim mais uma oportunidade de conquistar o cinturão de uma terceira categoria diferente, além de acender o sinal de alerta com suas performances sem o tratamento de reposição hormonal.

Após perder para Weidman, o fenômeno perdeu 3 das 5 lutas que disputou, a penúltima delas acabou ficando sem resultado(No Contest), após Kelvin Gastelum ter sido pego no anti-doping por uso de maconha.

Vindo de vitória contra Nate Manquardt no UFC 212, Vitor faz sua última luta do contrato com o UFC contra o jamaicano Uriah Hall de 33 anos, que soma 13 vitórias e 8 derrotas na carreira, e também é conhecido pelo poder de nocaute.

Vitor Belfort é o recordista de nocautes no UFC, as mãos do fenômeno somaram 12 nocautes só dentro da organização, ao todo são 18 vitórias por nocautes contando outras organizações. O brasileiro soma impressionantes 40 lutas na carreira, com 26 vitórias, 13 derrotas e 1 No Contest.

Além de Vitor, estarão no card do UFC Fight Night 124 representando o Brasil mais 3 atletas, confira abaixo o card completo.

UFC Fight Night
14 de janeiro de 2018, em St. Louis (EUA)

CARD PRINCIPAL (1h, no horário de Brasília):
Peso-pena: Jeremy Stephens x Doo Ho Choi
Peso-médio: Uriah Hall x Vitor Belfort
Peso-mosca: Paige VanZant x Jessica-Rose Clark
Peso-meio-médio: Kamaru Usman x Emil Meek

CARD PRELIMINAR (21h, no horário de Brasília):
Peso-pena: Darren Elkins x Michael Johnson
Peso-leve: James Krause x Alex White
Peso-leve: Matt Frevola x Marco Polo Reyes
Peso-meio-médio: Thiago Alves x Zak Cummings
Peso-mosca: Kalindra Faria x Jessica Eye
Peso-galo: Talita Bernardo x Irene Aldana
Peso-palha: Danielle Taylor x JJ Aldrich
Peso-pena: Mads Burnell x Michael Santiago
Peso-galo: Kyung Ho Kang x Guido Cannetti