Uruguai goleia a Rússia e garante primeiro lugar do Grupo A

No duelo de invictos do grupo A, quem levou a melhor foi a equipe de Óscar Tabárez, que soube aproveitar os espaços deixados pelos russos. Além de priorizar a posse de bola, o Uruguai aproveitou as oportunidades e liquidou a partida. Destaque para Suarez, marcou um golaço de falta, e Edi Cavani que marcou pela primeira vez nesta Copa e vem sendo uma peça chave para o esquema tático uruguaio.

Após derrota por 3 a 0 os torcedores russos saíram bastante decepcionados da Arena Samara, principalmente por ver o time da casa com uma atuação com baixo nível técnico.

URUGUAI APROVEITA BEM OS ESPAÇOS DEIXADOS PELA RÚSSIA E ABRE VANTAGEM

As duas melhores equipes do grupo A entraram em campo para definir quem passaria na primeira colocação. Desde os primeiros minutos de jogo o Uruguai se mostrou mais audacioso, mais tático e conseguiu uma falta na risca da grande área aos nove minutos de jogo. Após contra-ataque puxado por Suárez, que buscou o cruzamento cortado pela defesa russa, na sobra Bentacur é derrubado, conseguindo uma falta muito perigosa para a celeste. Em cobrança linda, Suárez tira da barreira e coloca uma bola rasteira no canto esquerdo do Akinfeev, 1 a 0, aos 10 minutos da etapa inicial.

Dois minutos após gol uruguaio, Dzyuba escora de cabeça para o arremate de Cheryshev, da marca do pênalti, para a boa defesa de Muslera. Com muita tranquilidade e buscando controlar o jogo, a seleção uruguaia chegou ao segundo gol aos 23 minutos. Em cobrança de escanteio de Torreira, Dzyuba afasta o perigo e na sobra Laxant chuta de primeira, a bola desvia em Cheryshev e engana o goleiro Akinfeev, a celeste amplia para dois gols a vantagem.

Ainda no primeiro tempo, Smolnikov leva o segundo cartão amarelo e deixa a Rússia com um a menos em campo, deixando a situação da celeste, que já priorizava a posse de bola, ainda mais confortável na distribuição de jogo. Com um a menos, a seleção da casa optou por jogar no contra-ataque.

O primeiro tempo terminou de maneira impecável para o Uruguai, que fez a sua melhor etapa inicial até aqui no mundial da Rússia.

RÚSSIA SE FECHA, URUGUAI DOMINA O JOGO E CAVANI DESENCANTA

O segundo tempo começou com a Rússia se fechando no campo de defesa, dificultando a celeste de penetrar em sua área. Sem pressa e com a vantagem no placar, os uruguaios abusavam da posse de bola, esperando o momento certo, como se fosse um jogo de xadrez. A seleção russa errava muitos passes, parecia muito nervosa em campo.

O primeiro lance de perigo da etapa só foi surgir aos 21 minutos, com Nández deixando Cavani na cara do gol, o craque do PSG acabou perdendo o tempo de bola e Kuzyaev chegou na cobertura para tirar a bola. Lance normal, foi uma excelente chance desperdiçada pelo atacante que ainda não havia marcado nesta Copa do Mundo.

Aos 25 minutos mais uma chance para Edi Cavani, após penetração pelo lado esquerdo, ele entra pelo meio da área, tenta o chute, mas manda a bola pra fora. Insatisfeito com o lance, Cavani chega a dar um soco no gramado.

O gol russo quase aconteceu aos 30 minutos do segundo tempo, com Muslera fazendo uma lambança ao tentar sair jogando com os pés, Zobnin rouba a bola, passa para Dzyuba que domino e de cara para o gol acabou isolando a bola. Aos 36 minutos uma boa chance para o Uruguai, começando pela roubada de bola de Edi Cavani, após passe ruim de Kutepov, que faz a ligação com Suárez, o jogador do Barcelona desce pelo lado esquerdo, cruza rasteiro para a área, em bela jogada individual, mas Cavani não chega a tempo de escorar para as redes.

Aos 45 minutos finalmente sai o gol de Cavani no mundial. Após cobrança de escanteio, Godín sobe mais alto que a defesa e toca de cabeça, Akinfeev da rebote, e na sobra Cavani com muito oportunismo faz o gol, 3 a 0 para a Celeste.

Com o fim do jogo, o Uruguai se firma como líder do grupo A e também se credencia como uma forte seleção para a próxima fase, a celeste enfrentará a segunda colocada no grupo B, no dia 30 as 15h, que no momento é Portugal que ainda jogará a última rodada de seu grupo nesta mesma tarde. Já a seleção russa termina na segunda posição e vai enfrentar o líder do grupo, no próximo dia primeiro as 11h, que momentaneamente é a seleção da Espanha e que também jogará nesta tarde.

Rússia 0x3 Uruguai

Local: Arena Samara (RUS).

Árbitro: Malang Diedhiou (SEN)

Uruguai: Fernando Muslera, Diego Godín, Martín Cáceres, Sebastián Coates, Rodrigo Bentancur (Arrascaeta),  Lucas Torreira, Matías Vecino, Nahitan Nández (Christián Rodriguez), Diego Laxalt, Luis Suárez e Edi Cavani (Maxi Gomez) .

Rússia: Igor Akinfeev, Sergei Ignashevich, Igor Smolnikov, Fedor Kudryashov, Ilya Kutepov, Yuri Gazinskiy (Kuzyaev), Aleksandr Samedov, Denis Cheryshev (Mario Fernandes), Aleksey Miranchuk (Smolov), Roman Zobnin e Artem Dzyuba.

Gols: Suárez (URU – 10’/1T), Cheryshev (URU – 23’/1T contra) e Edi Cavani (URU – 45’/2T)

Cartões amarelos: Smolnikov (RUS) e Bentancur (URU)

Cartões vermelhos: Smolnikov

Público: 41.970 presentes