Vasco empata com Paraná e se mantém fora da zona de rebaixamento

Maxi López marcou o gol do Vasco no empate com o Paraná | Carlos Gregório Jr (CRVG)

No planejamento do Vasco, os três pontos eram fundamentais na luta contra o rebaixamento, mas a realidade foi um empate em 1 a 1 com o Paraná, na noite desta segunda-feira (01), em Curitiba. Alex Santana e Maxi Lópes fizeram os gols. O ponto ao menos garantiu ao time vascaíno a manutenção fora do grupo dos quatro últimos. A expulsão de Leandro Castan aos 11 minutos do segundo tempo mudou o panorama da partida. Os donos da casa se animaram, passaram a pressionar e a equipe cruz-maltina ficou mais presa no campo de defesa para tentar garantir o ponto. Os paranistas seguem na lanterna no Brasileiro, com grande risco de rebaixamento.

Com o empate, o Vasco mantém a 16ª posição, agora com 30 pontos – assim como Ceará e Bahia – e está fora da zona de rebaixamento do Brasileiro. Na próxima terça-feira (10), o Vasco faz o clássico com o Botafogo no estádio Nilton Santos.

O Vasco teve mais iniciativa desde o início, mas foram os donos da casa que marcaram aos oito minutos. Alex Santana arriscou de longe, a bola desviou em Castan e entrou no cantinho. Ortigoza teve uma chance incrível, mas jogou por cima. A equipe cruz-maltina ampliou a produção no ataque e começou a criar chances em sequência. Primeiro com Ríos, mas o argentino se enrolou na finalização. Maxi, o jogador mais perigoso, deixou Giovanni Augusto em ótimas condições de frente para o goleiro Richard, mas ele desperdiçou. Só aos 48 o Vasco empatou. Ramon foi derrubado por Deivid dentro da área, e o árbitro assinalou o pênalti. Maxi cobrou bem e marcou.

O Paraná voltou melhor após o intervalo e criou chances em sequência. A partida ficou mais complicada para o Vasco a partir dos 11 minutos, quando Castan foi expulso. Ele era o último marcador e segurou Ortigoza, que entrava na área de frente para Martín Silva. Os donos da casa pressionaram bastante e tiveram chances com Charles e Alex Santana. O Vasco apostou nos contra-ataques e teve algumas oportunidades, a principal delas com Giovanni Augusto, já nos minutos finais do jogo, mas o meia desperdiçou mais uma.

Paraná 1×1 Vasco

Estádio Durival Britto (Curitiba – PR)

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho (SP) e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo (SP)

Paraná: Richard; Vilela, Jesiel, Charles e Mansur; Alex Santana, Torito (Caio Henrique), Juninho (Carlos) e Deivid (Rafael Grampola); Silvinho e Ortigoza. Técnico: Claudinei Oliveira.

Vasco: Martín Silva; Rafael Galhardo (Kelvin), Luiz Gustavo, Leandro Castan e Ramon; Willian Maranhão e Bruno Cosendey (Thiago Galhardo); Yago Pikachu e Giovanni Augusto; Andrés Ríos (Henríquez) e Maxi López. Técnico: Alberto Valentim.

Cartões amarelos: Carlos (Paraná)

Cartões vermelhos: Leandro Castan (Vasco)

Público: Não divulgado.