Vasco goleia América-MG e assume a segunda colocação do Brasileirão

O garoto Bruno Cosendey, de 21 anos, entrou no lugar do machucado Thiago Galhardo e mudou o panorama da partida com um gol e uma assistência | Paulo Fernandes (CRVG)

Depois de uma semana conturbada com goleada sofrida na Libertadores e invasão de torcedores durante treinamento, o Vasco atropelou o América-MG por 4 a 1 neste sábado (05), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O destaque ficou para os jogadores oriundos da base – Bruno Cosendey e Caio Monteiro – que fizeram um gol e uma assistência cada. Outro fator importante foi o retorno de Kelvin, que em sua segunda partida após ficar quase um ano parado por lesão no joelho, deu um passe para Ríos marcar e deixou o seu no final da partida.

Com o resultado, o Cruzmaltino pula para sete pontos, com ótimo aproveitamento em três jogos já que o duelo contra o Santos foi adiado, assumindo a segunda posição do Brasileirão. O América fica com seis pontos, em quinto lugar.

O primeiro tempo começou com o América-MG jogando fechadinho, esperando o Vasco e buscando contra-ataques. O time da casa, muito ansioso, tinha dificuldades para criar e não se organizou com a rapidez necessária quando, num bate-rebate, Thiago Galhardo chegou atrasado e fez pênalti em Norberto. Prejuízo duplo para o Vasco, porque o Coelho abriu o placar, e Thiago Galhardo deixou o gramado, machucado pelo choque no momento da penalidade. O Vasco bem que poderia ter empatado, mas o assistente errou ao dar impedimento de Ríos após chute de Wellington defendido por João Ricardo.

O técnico Zé Ricardo deve ter dado uma bronca daquelas no intervalo. Porque o time voltou outro, atropelando o rival. Até os três minutos foram três chances de gol, que enfim saiu aos 11, quando Paulão lançou Caio Monteiro. O drible na ponta desmontou a defesa e o cruzamento para Bruno Cosendey foi na medida. O gol da virada sairia seis minutos depois, e desta vez foi Cosendey quem acionou Caio na área. A semelhança também aconteceu pelo lançamento de Paulão. E o Vasco acabou passando por cima do América quando Kelvin entrou. Jogador muito rápido e habilidoso, ele deixou Ríos em ótima condição para fazer o terceiro. E foi de Kelvin o quarto, numa cabeçada que encobriu o goleiro.

O Gigante da Colina volta a jogar pelo Campeonato Brasileiro, contra o Vitória, no próximo domingo (13), às 16h, em São Januário. Antes, o Vasco entra em campo pela Copa do Brasil nesta quarta-feira (09), diante do Bahia, às 21h:45, na Fonte Nova.

Vasco 4 x 1 América-MG

Estádio de São Januário (Rio de Janeiro – RJ)

Árbitro:Flávio Rodrigues de Souza

Assistentes: Alex Ang Ribeiro e Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo

Vasco: Martin Silva; Rafael Galhardo (Wagner), Paulão, Werley e Henrique; Desábato, Wellington, Yago Pikachu, Thiago Galhardo (Bruno Cosendey); Caio Monteiro (Kelvin) Andrés Ríos. Técnico: Zé Ricardo.

América-MG: João Ricardo; Noberto, Messias, Rafael Lima, Carlinhos; Juninho, Wesley, Serginho (Judivan); Marquinhos (Capixaba), Rafael Moura (Ruy), Aylon. Técnico: Enderson Moreira.

Cartões amarelos:Wagner, Werley, Thiago Galhardo, Welington (Vasco); Wesley, Rafael Moura (América-MG)

Cartões vermelhos: Não houve

Gols: Rafael Moura – América-MG (30’/1º tempo); Bruno Cosendey – Vasco (11’/2º tempo); Caio Monteiro – Vasco (17’/2º tempo); Andrés Rios – Vasco (33’/2º tempo); Kelvin – Vasco (45’/2º tempo)

Público: 3.311 torcedores

Renda: R$ 91.950,00