Vasco sofre com desfalques e perde para o Bahia fora de casa

O Bahia repetiu o placar feito na Copa do Brasil e derrotou novamente o Vasco por 3 a 0, neste domingo (27), na Fonte Nova, em Salvador. O jogo válido pela sétima rodada do Brasileirão teve o destaque da partida, Régis, saindo do banco e resolvendo o jogo com um gol e um assistência. O Cruzmaltino cheio de desfalques sofreu as consequências do fato no segundo tempo e não teve forças para reagir.

Com o resultado, o Vasco caiu para a 13° posição com oito pontos e um jogo a menos. O Bahia saiu do Z4, e agora, é o 15° com a mesma pontuação do time de São Januário.

Apesar de jogar fora de casa, o Vasco não se intimidou e começou tomando o controle da partida. Com uma postura ofensiva, o time treinado por Zé Ricardo marcava pressão no campo de defesa do Bahia. Porém, o cruzmaltino não conseguiu criar oportunidades claras de gol. A partir da metade do primeiro tempo, o Tricolor de Aço se aproveitou que o Gigante da Colina afrouxou na pressão e tomou as rédeas do jogo. Mas, os últimos minutos  da primeira etapa foram marcados por lances ríspidos e amarelos distribuídos.

O segundo tempo começou muito brigado. Aos poucos, os desfalques começaram a fazer falta para o Vasco. Zé Ricardo não via opções seguras e teve que apostar na garotada. Não deu certo! Em compensação, o Bahia viu um jogador sair do banco e ser o destaque da partida: o meia Régis.

No primeiro gol da partida, Régis achou João Pedro na ponta, o lateral deu uma linda caneta em Fabrício e cruzou rasteiro para Élber marcar aos 21. Com Desábato expulso, o Bahia viu o caminho livre para ampliar. E mais uma vez, o meia foi decisivo ao dar um belo passe para Zé Rafael, driblar Fernando Miguel e empurrar para o gol aos 41: 2 a 0 Bahia.

E ainda teve tempo para Régis coroar sua atuação com um gol. Aos 46, Paulo Vitor errou uma cobrança de falta de modo infantil, Gregore pegou a bola e achou Allione que rolou para Régis, sem marcação, completar para o fundo das redes e sacramentar a vitória do Tricolor de Aço.

O Vasco volta a campo pelo Brasileirão na próxima quarta-feira (30), contra o Paraná, às 19h:30, em São Januário. O Bahia permanece no Rio de Janeiro, onde pega o Flamengo na quinta-feira (31), às 16h, no Maracanã.

Bahia 3 x 0 Vasco

Estádio Fonte Nova (Salvador – BA)

Árbitro: Rodolpho Toski Marques (Fifa/PR)

Assistentes: Bruno Boschilia (Fifa/PR) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR).

Vasco: Martin Silva; Rafael Galhardo, Erazo, Ricardo Graça, Fabrício; Desábato, Bruno Silva (Giovanni Augusto), Yago Pikachu,Wagner Kelvin (Paulo Vitor); Caio Monteiro (Moresche). Técnico: Zé Ricardo.

Bahia: Anderson; João Pedro, Tiago, Lucas Fonseca, Mena; Gregore, Elton, Vinícius (Flávio), Zé Rafael, Élber (Allione); Júnior Brumado (Régis). Técnico: Guto Fonseca

Cartões amarelos: Desábato, Fabrício, Rafael Galhardo, Ricardo Graça, Giovanni Augusto, Wagner (Vasco); Júnior Brumado (Bahia)

Cartões vermelhos: Desábato (Vasco)

Gols: Élber – Bahia (21’/2° tempo); Zé Rafael – Bahia (42/2° tempo); Régis – Bahia (46’/2° tempo)

Público: 15.031 pagantes

Renda: R$ 292.051,00