Vasco volta a vencer o Universidad Concepción e avança na Libertadores

Paulinho marcou um dos gols do Vasco na vitória por 2 a 0 sobre o Concepción | Paulo Fernandes (CRVG)

Reencontrando sua torcida em uma partida de Libertadores, dentro do Estádio de São Januário após seis anos, o Vasco voltou a superar o Universidad Concepción-CHI, como já havia feito semana passada, venceu o adversário por 2 a 0 na noite desta quarta-feira (07) e avançou à terceira fase da Copa Libertadores de 2018.

Com um início de jogo fulminante, o Gigante da Colina abriu o placar logo aos cinco minutos, quando Ricardo deu belo lançamentos para Wagner, o meia invadiu a área pela esquerda e cruzou rasteiro para Paulinho, que completou de primeira para o fundo das redes, fez Vasco 1 a 0 viu a festa da torcida presente na Colina Histórica e se tornou o jogador mais jovem a marcar um gol pelo cruzmaltino na competição internacional. Apesar de ter começado o jogo de forma eletrizante e com mais posse de bola, os donos da casa relaxaram com a vantagem adquirida, erraram bastante passes e viram os adversários terem maior presença ofensiva.

Contudo, aos 41 minutos, Pikachu começou boa jogada pela direita e se mandou para dentro da área. Após passe de calcanhar de Evander, Paulinho cruzou e a bola foi na medida, na cabeça do lateral, que de peixinho completou para o gol de Muñoz Hoffman e aumentou a vantagem do Vasco na partida: 2 a 0.

Boa vitória do Gigante da Colina empolgou a torcida cruzmaltina presente em São Januário na noite desta quarta-feira | Paulo Fernandes (CRVG)

Com um 6 a 0 no placar agregado o Gigante da Colina voltou para o segundo tempo e levou um susto logo nos minutos iniciais, quando o zagueiro Erazo deu uma cotovelada em Pacheco antes de cobrança de falta de Morales e foi expulso de forma direta pelo árbitro da partida: José Angote. Mesmo com um jogador a menos o Vasco não sofreu perigos do Concepción e viu De La Fuente ser expulso aos 16 minutos, após fazer falta forte em Wagner e igualar o número de jogadores em campo de cada equipe.

Com o jogo nas mãos, o Vasco acalmou o ritmo do confronto, passou a trocar passes no campo de defesa sem pressa e saiu de São Januário com a vitória por 2 a 0 e a vaga garantida na terceira fase da Copa Libertadores da América de 2018.

Agora, sem jogos pelo Campeonato Carioca o Gigante da Colina terá alguns dias para curtir o carnaval do Rio de Janeiro até o duelo da próxima fase, que será contra os bolivianos Oriente Petrolero ou Jorge Wilsterman, que fazem o segundo jogo na noite desta quinta-feira (08). No primeiro duelo o Wilsterman saiu vencedor, fora de casa, pelo placar de 2 a 1.

Vasco 2×0 Universidad Concepción-CHI

Estádio de São Januário (Rio de Janeiro)

Árbitro: José Angote (VEN)

Assistentes: Carlos Lopez (VEN) e Luis Murillo (VEN)

Vasco: Martín Silva, Yago Pikachu, Erazo, Ricardo Graça e Henrique; Wellington, Desabato (Riascos), Wagner (Andrey), Evander (Paulão) e Paulinho; Andrés Ríos. Técnico: Zé Ricardo.

Universidad Concepción: Muñoz Hoffman; Pacheco, Mencia, Felipe Muñóz e De la Fuente; Benítez (Aaarilla), Camargo Osses, Droguett e Morales; Santiago Silva (Rivero) e Meneses. Técnico: Francisco Bozán.

Cartões amarelos: Morales, Mencia, Droguett, Amarilla (Universidad Concepción)

Cartões vermelhos: Erazo (Vasco); De La Fuente (Universidad Concepción)

Gols: Paulinho – Vasco (5/1º tempo); Yago Pikachu – Vasco (41/2º tempo)

Público: 11.424 pagantes e 12.376 presentes

Renda: R$ 647.140,00