Mesmas cores: Fabinho Alves deixa o Criciúma e vai disputar o Carioca pelo Volta Redonda | Divulgação/Criciúma

Volta Redonda anuncia contratação do atacante Fabinho Alves, ex-Criciúma

O Volta Redonda anunciou na tarde desta terça-feira a contratação de um reforço de peso para disputa do Campeonato Carioca de 2018. Trata-se do atacante Fabinho Alves, que estava integrando o elenco do Criciúma-SC na disputa da Série B do Campeonato Brasileiro.

Revelado pela Cabofriense em 2004, Fabinho Alves tem no seu currículo passagens por grandes clubes do futebol brasileiro, como o Cruzeiro; Chapecoense, onde participou do acesso para a Série A do Campeonato Brasileiro em 2013; Paysandu, quando conquistou o Campeonato Paraense, a Copa Verde e o acesso à Série B do Brasileiro, tudo durante a temporada de 2016; e o Criciúma, último clube antes de acertar com o Voltaço.

— Gosto de desafios e vejo essa oportunidade como um desafio enorme na minha carreira e, com isso, estou muito motivado para defender o Volta Redonda. Chego com o pensamento de fazer um ano incrível e colocar o time na Série B. Desde já agradeço ao Volta Redonda pela oportunidade e por confiar no meu trabalho — falou o novo atacante da equipe de Volta Redonda.

Vice-presidente do futebol do Volta redonda, Flávio Horta Júnior destacou que a contratação de Fabinho Alves aumentou ainda mais a força do sistema ofensivo tricolor, que já conta com Rafael Granja, Dija Baiano, Luã Lúcio e Gustavo Moura, além de fazer questão de ressaltar que a diretoria ainda busca mais três ou quatro reforços de peso.

— Ainda estamos atrás de mais três ou quatro atletas desse nível. São jogadores que possuem bom mercado e isso torna as negociações mais difíceis e mais demoradas. O caso do Fabinho, por exemplo, foram mais de 30 dias de conversa para alinhar todas as situações, mas foi muito importante a vontade do jogador de vir para o Volta Redonda — disse.

FICHA TÉCNICA DE FABINHO ALVES:

Nome: Fábio da Silva Alves
Nascimento: 11/06/1986  Altura: 1,75  Peso: 66 kg      Natural de Vitória, Espírito Santo.

Trajetória: Cabofriense (04), Cruzeiro-MG (05-08), Cabofriense-RJ (09), Ipatinga-MG (09), Vila Nova-MG (09-10), Al Arabi – Kuwait (10), Nacional de Patos-MG (11-12), Bangu (12), Chapecoense-SC (13-14), ABC-RN (15), Paysandu-PA (16), Joinville-SC (17) e Criciúma (17)

Títulos: Campeão Mineiro (08), Campeão Paraense (16) e Copa Verde (16)

Acessos: Acesso à Série A (13) e acesso à Série B (16)