Voltaço apresenta mais dois reforços para a disputa da Série C

Com a chegada de Lucas Cunha e Dudu, o Voltaço já anunciou seis reforços para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro | Pedro Borges (VRFC)

A diretoria do Volta Redonda está a todo vapor no mercado. Nesta segunda-feira (9), o Tricolor de Aço apresentou mais dois reforços para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro: O zagueiro Lucas Cunha, de 24 anos, que jogou o Campeonato Carioca deste ano pela Cabofriense, e o atacante Dudu, de 20 anos, que estava no Tigres do Brasil-RJ. A dupla ficará no clube até o fim da competição nacional.

O zagueiro Lucas Cunha, apesar da pouca idade, já rodou bastante no mundo do futebol. Revelado pelo Fluminense, Lucas passou por clubes do futebol português, onde ficou por duas temporadas e defendeu o Santa Maira e o SP Espinho. No Brasil, o defensor atuou na Ponte Preta, Sampaio Corrêa-RJ, Galícia-BA, Potiguar-RN e a Cabofriense, seu último clube. O zagueiro comentou sobre o seu desempenho no Campeonato Carioca de 2018.

– Sempre ouvi falar muito bem do Voltaço, da estrutura que o clube tem, e fico feliz em hoje ter a oportunidade de vestir essa camisa. Tive a felicidade de fazer uma boa Taça Rio pela Cabofriense, marquei três gols em cinco jogos, e chego motivado e com muita disposição para ajudar o clube a conquistar o acesso à Série B – destacou.

O outro reforço apresentado, o jovem atacante Dudu, atuou em duas equipes como profissional. Revelado pelo Tigres do Brasil-RJ, Dudu se transferiu para o Corinthians em 2016, ficando uma temporada na equipe paulista e retornou para o Tigres no ano seguinte, quando foi um dos destaques da Série B1 do Campeonato Carioca e da Copa Rio de 2017. O atacante falou sobre suas expectativas no Voltaço.

– Estou feliz e confiante com esse novo desafio. Encaro essa oportunidade como um recomeço de Deus na minha carreira e a torcida pode ter certeza que darei o meu melhor dentro de campo – ressaltou.

A estreia do Volta Redonda pelo Grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro será no próximo dia 15 de abril contra o Operário, do Paraná. A partida está marcada para às 15h30, no estádio Germano Gruker.  Na primeira fase da Série C, as equipes serão divididas em dois grupos com dez times em cada. Todos jogarão entre si, em turno e returno, e os quatros melhores colocados de cada chave se classificam para a fase seguinte.

A partir daí, o campeonato vai ser disputado em sistema mata-mata. Os quatro clubes que se classificarem para as semifinais estarão automaticamente qualificados para a Série B 2018. Os dois últimos colocados de cada um dos grupos da Primeira Fase serão rebaixados para a Série D.