Voltaço derrota o Bragantino e volta ao G4 da Série C

O Volta Redonda segue imbatível no Raulino de Oliveira. Com gols de Marcelo e Luís Gustavo, o Tricolor de Aço venceu, por 2 a 1, o Bragantino-SP na tarde deste sábado (19). Com o resultado, o Tricolor chegou aos nove pontos ganhos e pulou para a quarta colocação do grupo B.

Um primeiro tempo impecável. As mudanças no time feita por Marcelo Salles deram resultado e os primeiros 45 minutos de jogo foram de amplo domínio do Volta Redonda. Superioridade que não demorou a se transformar em gol. Aos sete minutos, Marcelo aproveitou cobrança de escanteio pela esquerda e só empurrou para o fundo das redes, abrindo o placar no Raulino de Oliveira: 1 a 0 Voltaço.

A pressão tricolor continuou e o segundo gol não demorou a sair. Aos 17 minutos, Romarinho fez boa jogada individual pela direita e rolou para Luís Gustavo, que, de canhota, acertou um chute no ângulo. Golaço e vantagem dos donos da casa no placar. A única chegada do Bragantino na primeira etapa foi em uma cobrança de falta da entrada da área, que Douglas Borges se esticou todo e fez grande defesa.

Na volta do intervalo, o panorama não mudou. O Voltaço seguiu melhor na partida e buscando o terceiro gol, que quase saiu aos 16 minutos. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Daniel Felipe subiu mais que a defesa adversária, cabeceou para o gol e a bola saiu rente a trave.

Passados 20 minutos da segunda etapa, o Bragantino se lançou ao ataque em busca do primeiro gol e conseguiu diminuir o marcador aos 26 minutos com Matheus Peixoto. Entretanto, a reação da equipe paulista parou por aí.

 

Volta Redonda 2×1 Bragantino-SP

Estádio Raulino de Oliveira (Volta Redonda – RJ)

Árbitro: Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE)

Assistentes: Francisco Chaves Bezerra Junior e Bruno Cesar Chaves Vieira (PE)

Volta Redonda: Douglas Borges; Luís Gustavo (Angel), Roger, Daniel Felipe e Diego Maia; Bruno Barra, Marcelo (João Cleriston) e Rodrigo Andrade; Núbio Flávio, Romarinho e Anselmo (Dija Baiano). Técnico: Marcelo Salles.

Bragantino: Alex Alves, Robertinho (Marquinhos ), Lázaro, Guilherme Mattis e Fabiano; Adenilson, Danilo Bueno (Gustavo Vintecinco) e Vitinho; Jonathan Costa, Léo Jaime (Anderson Ligeiro) e Matheus Peixoto. Técnico: Marcelo Veiga.

Gols: Marcelo e Luís Gustavo (Volta Redonda); Matheus Peixoto (Bragantino)

Público:  289 pagantes e 689 presentes

Renda: R$ 2.950,00