WGP 48: Paulo Tebar defende cinturão diante de Nikolas Vega em Buenos Aires

 A espera está chegando ao fim. O WGP Kickboxing retorna à Argentina nesta sexta-feira, dia 24 de agosto, com um main event daqueles para parar a capital Buenos Aires. E um dos protagonistas do WGP #48 é o paulistano Paulo Tebar, atual campeão da categoria dos super-leves (até 64,5kg). Tebar vai se apresentar pela primeira vez no país vizinho para colocar em jogo o título diante do anfitrião Nikolas Vega, que chega com moral após vencer o Challenger GP da categoria. Esta será a segunda defesa do cinturão do brasileiro, em uma noite que conta ainda com um GP dos leves que promete pegar fogo, além de luta pelo título pan-americano e superfights internacionais. O evento tem início às 19h30 e terá transmissão ao vivo a partir de 21h30 na Bandsports e a partir das 23h no Canal Combate e Fox Sports.

Paulo Tebar busca manter invencibilidade de seis anos no WGP


Aos 27 anos, Paulo Tebar vive grande fase. Depois de faturar e defender o título dos leves (até 60kg) do WGP, o paulistano resolveu subir de categoria devido ao rigoroso corte de peso e manteve o caminho do sucesso. Desde a vitória sobre Wilson Djavan, até a conquista diante de Guilherme Sancho e a manutenção frente a Jordan Kranio, Tebar garante ter evoluído muito e, mesmo com as dificuldades que passou no início do ano com uma lesão na canela, encontrou a motivação necessária para encarar o argentino Nikolas Vega, nesta sexta-feira.


“Esse ano eu vinha um pouco desanimado. Não sabia o que era essa questão da minha última lesão, tenho minha academia que preciso dar atenção também, mas aí quando marcaram a luta me senti vivo de novo, acendeu a chama da competição. Estou muito motivado, preparado e pronto para dar um show lá na Argentina”, afirma o atleta que defende uma invencibilidade de sete lutas no evento. Sua única derrota no WGP foi em 2012.


Tebar falou ainda falou sobre o adversário e a estreia na Argentina. “O Vega é experiente, forte, um pouco mais alto para a categoria, tem um boxe bom e é bem completo. Acredito que vai ser uma grande luta, ele gostar de andar pra frente e eu também não pretendo andar para trás. Vai ser minha primeira vez na Argentina. Vou levar meus amigos, minha família, patrocinadores, ter eles perto é uma inspiração a mais. Até porque acho que o território lá vai ser hostil, porque aqui o (Ignacio) Capllonch sofreu um pouquinho quando lutou comigo (risos)”.


Nikolas Vega prega respeito, mas promete destronar campeão

Nikolas Vega é natural de Buenos Aires e estará literalmente em casa. Com um cartel de 52 vitórias e apenas sete derrotas no currículo, ele chega para a disputa de cinturão embalado após faturar o Challenger GP, na edição 41, ao vencer Wilson Djavan e Vitor Oristânio na mesma noite. Agora, diante de Paulo Tebar, tem mais um brasileiro pela frente na caminhada rumo ao cinturão. Ciente das dificuldades, ele exaltou a chance de se apresentar em casa. “Me motiva muito lutar em meu país, não poderia ter situação melhor para isso. Eu não sinto nenhum tipo de pressão por ter a torcida a meu favor, pelo contrário,. Ter todas as pessoas que gosto torcendo ao vivo por mim com certeza gera muita motivação em todos os aspectos. Espero corresponder e fazer a felicidade de todos”, afirma Vega.

Além da chance de lutar em casa, Vega pode acabar com o reinado de um dos grandes nomes do WGP, já que Tebar é, ao lado de Guto Inocente, um dos únicos atletas a ter conquistado cinturão em duas categorias distintas do evento. E ele preferiu pregar respeito ao adversário. “Tebar é um grande lutador, um atleta de elite e para mim é uma honra enfrentá-lo. Não vou falar muito para não entregar minha estratégia, mas o que posso dizer é vamos fazer de tudo para protagonizar uma grande luta. Acho que vai ser uma missão difícil, mas acredito que vou conquistar a vitória e o título ficará em Buenos Aires”, confia o argentino.

O WGP #48 conta ainda com a disputa do challenger GP dos leves. O argentino Facu Suarez tenta voltar a disputa pelo cinturão diante do brasileiro Diego Piovesan, que está em grande fase no WGP. Do outro lado, o também argentino Ignácio Capllonch também busca uma nova chance pelo título ao enfrentar o boliviano Renzo Martinez. Outro destaque é o combate entre Sebastian Martino e Daniel Segovia pelo título pan-americano WAKO PRO, na categoria até 71,8kg.


WGP #48: Paulo Tebar vs Nikolas Vega


Data: 24/08 (sexta-feira)

Local: Polideportivo Roberto Pando (José Mármol 1715, C1255 ABO, Buenos Aires, Argentina)

Hora: 19h00 (Undercard) / 21h30 (WGP Super Fights) / 23h00 (Main Card)

Ingressos: https://goo.gl/H1t8SE


WGP Main Card


Main Event: WGP Title Bout

Peso Super-Leve (64,5kg)

Paulo Tebar (Veras TK/CT Paulinho Tebar – BRA) vs Nikolas Vega (Dojo Serpiente – ARG)


Co-Main Event: Challenger GP – Final

Peso Leve (60kg)

Vencedor da Semifinal 1 vs Vencedor da Semifinal 2


Título Panamericano de Kickboxing (WAKO PRO)

Peso 71,8kg

Sebastian ‘Tata’ Martino (Don Team) vs Damian ‘Rayo’ Segovia (Segovia Competición)


Super Fight

Peso Super-Leve (64,5kg)

Pablo ‘Mudo’ Roa (Dojo Serpiente – ARG) vs David Muzzachi (Equipo Puño Real – PAR)


Challenger GP – Semifinal 2

Peso Leve (60kg)

Ignacio ‘Misil’ Capllonch (Dojo Serpiente/Misil Team – ARG) vs Renzo Martinez (Team Marcelo Salas – BOL)


Challenger GP – Semifinal 1

Peso Leve (60kg)

Facu Suarez (Picante Fight Club – ARG) vs Diego Piovesan (União ABC – BRA)


WGP Super Fights


Super Fight

Peso Leve (60kg)

Lucas Arce (Mudo Team/Dojo Serpiente) vs Leo Corrales (Corrales Fight Center)


Super Fight

Peso Cruzador (85,1kg)

Lucas ‘La Cobra’ Alsina (Picante Fight Club – ARG) vs Willer Alves (RKT – BRA)


Super Fight

Peso Meio-Médio (71,8kg)

Jony Chaves (Mudo Team) vs Gerardo González (Huerfanos Fight Team)


Super Fight

Peso Meio-Médio (71,8kg)

Enzo Sanchez (Picante Fight Club – ARG) vs Tiago Queiroz (Nak – BRA)