WGP 53: Paulo Tebar e Diego Gaúcho defendem títulos em duelos recheados de expectativas

Foto: David Leite

Atrações não faltam na primeira edição do WGP Kickboxing em 2019. Neste sábado, dia 6 de abril, a cidade de São Bernardo do Campo recebe a edição 53 com um card recheado de estrelas e grandes nomes. Entre as três disputas de cinturão da noite, duas delas tem ingredientes de sobra para elevar ainda mais as expectativas. O campeão dos super-leves (até 64,5kg) Paulinho Tebar e o desafiante Jordan Kranio fazem o segundo capítulo de uma história que começou em 2017, com o empate no primeiro duelo entre os dois. Já o confronto entre Diego Gaúcho e Jonas Salsicha, pelo título dos super-médios (até 78,1kg), era para ter acontecido em 2018, mas precisou ser adiado e vem gerando muita ansiedade no público. A noite conta ainda com outros grandes duelos, com destaque para a luta principal entre Bruno Gazani e Petros Cabelinho, pelo título dos meio-médios (até 71,8kg). O evento tem início às 18h e conta com transmissão ao vivo do Canal Combate, Fox Sports e Bandsports a partir das 21h.

Aos 28 anos, Tebar vive uma das melhores fases da carreira, se não a melhor. Defendendo uma invencibilidade de oito lutas no WGP, o paulistano refuta o rótulo de auge da carreira, mas se vê no caminho certo e promete uma postura diferente diante de Jordan Kranio no segundo encontro entre os dois.“Fico muito feliz de estar há tanto tempo invicto no WGP. É uma satisfação muito grande poder manter essa regularidade dentro de um evento desse nível. Eu ainda não me vejo no auge da carreira, acredito que tenho muito o que evoluir. Acho que estou no caminho certo apenas. Em relação a última aparição, preciso só lutar mais e não só controlar o combate, mostrar mais um pouquinho do que eu sei fazer mesmo”, afirma.

O segundo capítulo da história entre os dois atletas acontece em um momento distinto do primeiro. Mais experiente e com dois Challengers GP na costas, o curitibano Kranio chega ao duelo exalando confiança e com o objetivo claro de dessa vez sair com o cinturão, após bater na trave na primeira tentativa. Na carreira o pupilo de Rafael Teixeira soma números expressivos. Foram 20 lutas disputadas, com 16 vitórias, sendo nove delas por nocaute. E confiança é o que não falta para o desafiante.“Estou na melhor fase da minha carreira, ganhei bem o último challenger GP, mostrei que sei trabalhar muito bem a parte estratégica junto da agressividade. Ano passado foi muito importante para mim, peguei muita bagagem nacional e internacional, então estou com um jogo cada vez melhor e diferente das minhas últimas lutas”, afirma.

Diego Gaúcho e Jonas Salsicha fazem embate muito aguardado

Com apenas uma derrota em 12 lutas disputadas, Diego Gaúcho é um dos atletas com melhor aproveitamento no WGP. Outro dado que chama atenção é o seu poder de nocaute. Na carreira foram 33 das 76 vitórias via KO, um número de quase 50%, considerado alto. Mas a fama de nocauteador tem um lado negativo, que Gaúcho sabe que precisa melhorar depois de quase deixar o escapar o cinturão em seu último duelo diante de Rodolfo Cavalo, em que conseguiu o nocaute no terceiro round após perder os demais assaltos. “O segredo de conseguir mais um nocaute é treinar pensando nele e ir busca na hora da luta de qualquer jeito. Mas sei que preciso melhorar minha agressividade. Acho que bato muito pouco, confiando no KO. E sei que se não acontecer posso acabar perdendo. Então foi exatamente isso que focamos no camp para essa luta, procurar colocar mais volume também”, afirma.

Aos 24 anos, Jonas Julio, conhecido pela alcunha de Salsicha Jones, chega para o desafio mais importante da sua carreira. Após vencer o Challenger GP da categoria na edição 46 ele garantiu a chance de disputar o título da categoria. No WGP, soma outras duas lutas com 100% de aproveitamento. Já na carreira Salsicha tem 17 vitórias em 20 lutas disputadas. Para o combate diante de Gaúcho ele festejou o tempo de preparação e o intercâmbio com campeões do WGP. “A preparação está ótima. Esse tempo consegui fazer um camp bem amplo. Treinei com a galera da União ABC, junto com o Gazani. Treinei com o Cesinha, com o Micheletti. E nesse final também treinei com o Cavalo. Acho que isso foi muito produtivo para adquirir experiência. E na parte física estou melhor que nunca, já que é um ponto onde meu treinador pega bastante no meu pé”, afirma.

WGP 53: Bruno Gazani vs Petros Cabelinho

Data: 06/04

Local: Ginásio Adib Moyses Dib (Av. Kennedy, 1155 – Parque Anchieta, SBC/SP)

Hora: 18h00 (Undercard) / 21h00 – (WGP Super Fights) / 22h30 (WGP 53)

Ingressos: www.minhaentrada.com.br (https://goo.gl/r2H8KJ)

Foto: Divulgação WGP

WGP 53 Card

Main Event: WGP Title Bout

Peso Meio-Médio (71,8kg)

Bruno Gazani (União ABC) vs Petros Freitas ‘Cabelinho’ (World Strong Fight Team)

Co-Main Event: WGP Title Bout

Peso Super-Leve (64,5kg)

Paulinho Tebar (CT Paulinho / Top Striker Team – BRA) vs Jordan Kranio (Teixeira Team – BRA)

Co-Main Event: WGP Title Bout

Peso Super-Médio (78,1kg)

Diego Gaúcho (Inside Munil Adriano) vs Jonas Júlio “Salsicha” (TF Team)

Regular Fight

Peso Meio-Médio (71,8kg)

Robson Minotinho (Coliseu Team – BRA) vs Sebastián “Tata” Martino (Don Team – ARG)

WGP Challenger Fight

Peso Leve (60kg)

Renzo Martinez (Team Marcelo Salas – BOL) vs Leo Corrales (Corrales Kick Center – ARG)

WGP Super Fights

Super Fight

Peso Super-Médio (78,1kg)

Vitor Aquino (União ABC/Team Nogueira Santo André – BRA) vs Roberto Gonzalez (Team Trewa / WAKO Chile – CHI)

Super Fight

Peso Leve (60kg)

Leo ‘Bahia’ Pereira (União ABC/Team Nogueira Santo André) vs Luan Santos (Chaya Combat)

Super Fight

Peso Leve (60kg)

Paulo Santiago (CT Paulinho / Top Striker Team) vs Nichollas Pestilli (Corinthians Kickboxing)

Super Fight

Peso Leve (60kg)

Robson “Bull Terrier” Silva (QG da Luta) vs Wellington Lopes (Rio Fighters/Abamm-RJ)

Undercard

Brazilian Title Bout

Peso Cruzador (85,1kg)

Alessandro Benacci (Puro Impacto/Benacci Team) vs Fabio Silva (Serginho Team)

Fight

Peso Meio-médio (71,8kg)

Raphael Silva (Squadrão Thai Brasil) vs Daniel Felipe (Brazilian Alves)

Fight

Peso Cruzador (85,1kg)

Fernando Ferreira (Coliseu) vs Hiago Souza (Inside Munil Adriano)

Fight

Peso Super-Leve (64,5kg)

Vinicius Barros (Santiago Team) vs Romario Barbares (Coliseu)

Fight

Peso Pena Feminino (56kg)

Bia Molina (QG da Luta) vs Isa Livramento (CT Paulinho Tebar)

Fight

Peso Pesado (94,1kg)

Gabriel Cavalari (Dojo Masella – BRA) vs Jorge Caballero (Veras TK- PAR)

Fight

Peso Leve (60kg)

Jorge Garcia (Yoshinaga Fight Team) vs Vinicius Gaspar (Puro Impacto/Benacci Team)

Fight

Peso Leve (60kg)

Gabriel Fumaça (Seven Fight Team) vs Haialas El Loco (Serginho Team)